Matérias » Curiosidades

O que explica o nascimento de cachorros com pelo verde?

O caso de um filhote de bulldog que nasceu no Canadá com a coloração esverdeada intrigou internautas na última semana

Redação Publicado em 05/03/2022, às 09h00

O filhote de bulldog de coloração verde que nasceu no Canadá
O filhote de bulldog de coloração verde que nasceu no Canadá - Divulgação/Facebook/Audra Rhys

Na última semana, o nascimento de um filhote de bulldog acabou chamando a atenção nas redes sociais, repercutindo em todo o mundo. Isso porque o cachorro não era um animalzinho comum: ele possuía uma pelagem de coloração bastante diferente.

Nascido da cadela de nome Freya em uma cidade do Canadá, o cãozinho veio ao mundo com o pelo simplesmente verde, o que surpreendeu os donos, que se depararam com sete filhotes de cores normais e apenas um diferente.

Quando observaram a ninhada, os tutores de Freya, Trevor e Audra Mosher, ficaram preocupados com a situação e tiveram medo de que o filhote de pelagem verde tivesse nascido natimorto.

“Começamos a secá-la e notamos que ela estava verde e imediatamente pensamos que havia algo errado”, contou Trevor ao portal canadense Global News. “Então pesquisamos no Google, 'meu cachorro é verde, o que há de errado', e aparentemente é muito raro e já aconteceu algumas vezes em todo o mundo”, acrescentou.

O casal também foi auxiliado pelo veterinário que estava ajudando no parto da cadela, responsável por explicar o fenômeno raro inofensivo à saúde do animal, que teria a coloração normalizada com o tempo.

Um filhote verde

A ninhada da cadela Freya / Crédito: Divulgação/Facebook/Audra Rhys 

Ao verem um filhote de cachorro verde, os donos chegaram a cogitar que o animal estava morto. Enquanto os irmãos haviam nascido em sacos translúcidos, a pequena bulldog havia saído de sua mãe em um de cor preta, como reportou o jornal New York Post.

Mas só isso não explica o motivo pelo qual somente ela ficou com a cor verde. A situação, embora rara — afinal, ela acontece apenas uma vez a cada 10 mil nascimentos — não é muito difícil de ser explicada.

Na placenta da mãe, há uma substância de nome bilverdina. O pigmento biliar surge a partir do grupo heme, um percussor da hemoglobina, e é responsável por dar a cor esverdeada.

Ao entrar em contato acidentalmente com a substância da placenta durante o parto, o cachorro pode acabar nascendo com o pelo na tonalidade pela qual o pigmento é mais conhecido de dar.

Exatamente por ser um tingimento natural, que acontece sem querer, a coloração vai desaparecendo aos poucos com o crescimento do cãozinho, que não tem a saúde afetada pelo fenômeno raro.

Estou meio espantado, realmente. Por mais raro que pareça, me sinto muito sortudo por ter testemunhado e fazer parte disso”, afirmou um dos donos do filhote, Trevor.

“Nosso cachorrinho verde aparentemente é uma coisa rara de se ver. “Gostaria que a cor ficasse, seria muito legal!”, escreveu Audra em uma postagem no Facebook. “Eu nunca encontrei um cachorrinho verde antes”.

O casal já afirmou que pretende batizar a cadelinha com nomes relacionados ao nascimento peculiar ligados à cor verde. Algumas opções relatadas por eles foram Fiona, por conta da princesa de Shrek, Hulkette e Pistachio.

Outros casos de filhotes verdes viralizaram na internet ao longo dos anos recentes. A última vez foi em 2020, quando um pastor alemão branco de nome Gypsy deu à luz um filhote de cor esverdeada na Itália que recebeu o nome de Pistachio.