Matérias » Personagem

Família tenebrosa: A saga dos sobrinhos-netos de Hitler

Os cinco membros restantes da família do Führer fizeram pacto de não ter filhos, para acabar com a descendência

Joseane Pereira Publicado em 17/07/2020, às 11h00

Adolf Hitler com Eva Braun
Adolf Hitler com Eva Braun - Wikimedia Commons

Como sabemos, o ditador Adolf Hitler não teve nenhum filho, e foi casado com Eva Braun por apenas 45 minutos antes de cometer suicídio no fim da Segunda Guerra Mundial. Apesar disso, cinco herdeiros da família do Fuhrer vivem até os dias atuais: os irmãos Alexander, Louis e Brian Stuart-Houston, e os primos Peter Rabaul e Heiner Hochegger.

Por descenderem de Angela e Alois Jr., irmãos de Hitler por parte de pai, os cinco homens são sobrinhos-netos do líder nazista. E, apesar de terem vidas completamente diferentes, eles têm algo em comum: o compromisso de não deixar descendentes, para que sejam os últimos membros da família Hitler.

Os irmãos Stuart-Houston 

William Patrick ao lado de sua mãe Bridget, indo lutar contra a Alemanha na força aérea Canadense / Crédito: Getty Images

 

Os irmãos Alexander, Louis e Brian Stuart-Houston são netos de Alois Jr e filhos de William Patrick, que foi considerado por Adolf Hitler seu “sobrinho repugnante”. William tentou lucrar com o tio famoso, chantageando-o por dinheiro e pedindo oportunidades de emprego. Com a eclosão da Segunda Guerra, ele fugiu para os Estados Unidos e se alistou na Marinha — chegando a combater contra os nazistas.

Após o fim da guerra, William adotou o sobrenome Stuart-Houston, e seu casamento com Phyllis Jean-Jacques resultou em quatro meninos: Alexander, Louis, Howard e Brian. Howard acabou falecendo em um acidente de carro, no ano de 1989. Hoje em dia, Louis e Brian têm uma empresa de paisagismo em Long Island, Estados Unidos, e Alexander é psicoterapeuta aposentado e vive na mesma cidade.

Os primos Peter Rabaul e Heiner Hochegger

Angela, a meia-irmã de Hitler, teve três filhos: Leo, Geli e Elfriede. Geli se suicidou com 23 anos, após iniciar um envolvimento amoroso com o tio Hitler. Leo era considerado o sobrinho favorito do Fuhrer, e seu filho Peter Rabaul hoje é um engenheiro aposentado que vive em Linz, na Áustria.

Não se sabe muito sobre Heiner Hochegger, filho de Elfriede, que conseguiu manter sua descendência familiar em segredo até o ano 2000. Mas o mais provável é que ele também viva na Áustria, com seu primo Peter.

Nenhum dos cinco sobrinhos-netos de Hitler se casou, devido ao desejo de acabar com a descendência. Em 2014, quando perguntados se gostariam de receber direitos autorais do livro Mein Kampf, escrito pelo líder nazista, todos eles foram unânimes ao afirmar que não queriam um centavo do dinheiro — só queriam ser deixados em paz.


+Saiba mais sobre essa história através das obras abaixo:

1. Eu Matei Adolf Hitler, de Vários Autores (2019) - https://amzn.to/2RUFV0u

2. Eva Braun, de Heike B. Görtemaker (2011) - https://amzn.to/2RPAnEA

3. A mente de Adolf Hitler: O relatório secreto que investigou a psique do líder da Alemanha nazista, de Walter C. Langer - https://amzn.to/2PEUt1P

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du