Matérias » Personagem

Visita ao Brasil e sucessor ideológico do pai: Conheça Naruhito, o imperador do Japão

126º imperador do país, Naruhito iniciou a nova era Reiwa quando foi entronizado em maio de 2019

Fabio Previdelli Publicado em 20/06/2021, às 00h00

Naruhito, o imperador do Japão
Naruhito, o imperador do Japão - Getty Images

Em 1º de maio de 2019, Naruhito, com 59 anos na época, se tornou o 126º imperador do Japão. Iniciava-se ali, a nova era Reiwa. Sua entronização foi realizada em tradicional cerimônia em Tóquio, segundo a BBC. 

Na ocasião, diversos representantes de outros países estiveram presentes. Entre eles, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Por mais que surpreenda alguns, o novo imperador japonês possui um vínculo bem forte com o Brasil, o qual visitou em três ocasiões diferentes. 

Linhagem real e cerimônia de entronização 

Em 7 de janeiro de 1989, Akihito — hoje imperador emérito e pai de Naruhito — iniciou seu reinado no Japão. Desde então, segundo levantamento feito pela TV Pública NHK News, em 2019, o povo nipônico passou a se sentir mais próximo da família imperial e a nutrir um maior interesse pelos membros. Dos 1.539 entrevistados por telefone, 72% disseram ter esse pensamento.  

Naruhito, o imperador do Japão/ Crédito: Getty Images

 

Assim, os passos de Naruhito não poderiam ser diferentes a não ser seguir o legado deixado por seu pai. E isso foi explicito quando se tornou imperador, ao afirmar que seguirá “o caminho trilhado pelos imperadores do passado”. Além disso, declarou que prosseguirá na defesa do pacifismo.  

Como explica a BBC, desde 1947, quando a atual Constituição japonesa passou a vigorar, os imperadores deixaram de ser vistos como uma “divindade viva” e se tornaram “símbolo do Estado e da unidade do povo”. Com isso, passaram a exercer apenas funções cerimoniais.  

Isso pode ser visto pelas atitudes dos imperadores eméritos, no caso Akihito e sua esposa Michiko. Quando, em 2011, terremotos e tsunamis fizeram centenas de vítimas no Japão, o casal visitou abrigos onde elas estavam.

Lá, permaneceram ajoelhados por muito tempo, mostrando estarem na mesma altura das pessoas com quem conversavam. Algo que os tornou ainda mais populares.  

Naruhito ao lado da imperatriz Masako/ Crédito: Getty Images


Essa empatia e admiração é cultivada pela imperatriz Masako, esposa de Naruhito

Laços com o Brasil 

Como já dito, Naruhito possui laços estreitos com o Brasil. Bom, na verdade não só ele, mas a família imperial como um todo. Segundo explica o tradutor-intérprete e advogado Masato Ninomiya em seu livro Kizuna (que ganhou o nome de 'Laços' por aqui), essa relação começou há quase um século, quando o Hospital Santa Cruz, que fica na capital Paulista, começou a ser construído. Naquela época, o imperador Showa, avô de Naruhito, fez uma doação em dinheiro para as obras.  

Além disso, como relata a BBC, as primeiras visitas oficiais ao exterior dos três filhos do imperador emérito Akihito foram para terras tupiniquins, onde Naruhito esteve em três ocasiões.

A primeira delas aos 22 anos, em 1982, quando passou por Rio, Paraná, Brasília, Bahia, Amazonas e São Paulo — nessa última, inclusive, se apresentou junto da Orquestra Sinfônica Jovem Municipal, tocando viola ao interpretar choros de Ernesto Nazaré e Villa-Lobos

Naruhito discursando ao lado de Masako (dir.) e de Michiko e Akihito (esq.)/ Crédito: Getty Images

 

26 anos depois, Naruhito nos visitou novamente. Sua última passagem por aqui foi em 2018, quando participou do 8º Fórum Mundial da Água.

Além dele, relembra a BBC, sua irmã mais nova, a princesa Sayako, já esteve por aqui em 1995. Já seu irmão, o príncipe herdeiro Akishino, nos visitou pouco antes, em 1988.


++Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Musashi - Box 3 volumes, de Eiji Yoshikawa (2020) - https://amzn.to/39n0ytc

História Concisa do Japão, de Brett L. Walker (2017) - https://amzn.to/2ZUh3Ka

O Preço da Desonra. Kubidai Hikiukenin, de Hiroshi Hirata (2020) - https://amzn.to/3jzmgid

História do Japão, de Kenneth Henshall (2008) - https://amzn.to/3fW57gA

O fogo entre a névoa, de Renée Ahdieh (2018) - https://amzn.to/39tItK6

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W