Vitrine » Personagem

Da morte dos pais a prisão siberiana: 5 curiosidades sobre Fiódor Dostoiévski

Considerado um dos maiores romancistas e pensadores, o autor de 'Os irmãos Karamázov' teve que enfrentar vários contratempos ao longo de sua vida

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 28/10/2021, às 15h09

Escritor Fiódor Dostoiévski, em 1879
Escritor Fiódor Dostoiévski, em 1879 - Constantin Shapiro (1839–1900) / Domínio Público, via Wikimedia Commons

Nascido em 11 de novembro de 1821, em Moscou, na Rússia, Fiódor Dostoiévski foi um grande filósofo, jornalista e escritor durante a Rússia Imperial. 

Ao longo de sua carreira, o autor do clássico "Os irmãos Karamázov" teve que enfrentar diversos obstáculos. Ele chegou a ser enviado para a Fortaleza de Tobolsk, uma brutal prisão siberiana. No local, o escritor relatou todas as atrocidades que presenciou.

Já em 9 de fevereiro de 1881, Dostoiévski veio a falacer em São Petersburgo. Aos 59 anos, o escritor russo foi vítima de uma hemorragia pulmonar.

Considerado um dos maiores romancistas e pensadores da humanidade, seu legado é inestimável para a Literatura, sendo amplamente lembrado ainda nos dias de hoje. 

Pensando nisso, o site Aventuras na História selecionou 5 curiosidades sobre Fiódor Dostoiévski.

Confira abaixo.

1. Órfão de pai e mãe 

Fiódor Dostoiévski, em 1847 / Crédito: Konstantin Trutovsky (1826-1893) / Museu Estatal de Literatura, Moscou, Rússia / Domínio Público, via Wikimedia Commons

 

A infância e juventude de Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski não foi nada fácil. Ainda na adolescência, o futuro escritor perdeu a mãe, Maria Fiodorovna Netchaiev. Mais tarde, seu pai Mikhail Dostoiévski foi brutalmente assassinado por colonos. Os fatídicos episódios impactaram profundamente a vida do autor. 


2. Paixões avassaladoras

No período em que atuou no exército, ele conheceu a bela Maria Dmitrievna, com quem se casou tempos depois. Contudo, anos mais tarde, ele se casou novamente, desta vez com Anna Grigórievna Snítkina, e com ela permaneceu até os seus últimos momentos de vida.


3. A prisão

Devido a uma suposta conspiração contra o regime do czar Nicolau I, Dostoiévski foi enviado para uma prisão siberiana, chamada Fortaleza de Tobolsk. No brutal local, ele ficou preso durante cinco anos e aproveitou para aprofundar sua escrita em temas relacionados à humilhação, suicídio, loucura, saúde mental e muito mais.


4. Condenado à morte 

Retrato de Fiódor Dostoiévski, em 1872 / Crédito: Vasily Perov (–1882) / Galeria Tretyakov / Domínio Público, via Wikimedia Commons

 

Antes de ser enviado à prisão siberiana, o escritor chegou a ser condenado à morte. No entanto, antes de ser executado, teve a pena mudada para deportação. Tal fato, também lhe trouxe marcas profundas, que carregou até os seus últimos anos de vida.


5. O legado

O legado de Dostoiévski para a Literatura mundial é inestimável. Suas obras eram regadas de sátiras e comédias, ao mesmo tempo que abordava temáticas profundas como questões existenciais. Além disso, o autor tinha uma predileção por assuntos políticos e religiosos.


+Saiba mais sobre Fiódor Dostoiévski através de obras disponíveis na Amazon: 

Os irmãos Karamázov, de Fiódor Dostoiévski (2013) - https://amzn.to/3vV9Fwc

Box - Grandes Obras De Dostoiévski, de Fiódor Dostoiévski (2021) - https://amzn.to/3GtFkd7

Memórias do subsolo, de Fiódor Dostoiévski (2009) - https://amzn.to/3nGkezC

Gente pobre, de Fiódor Dostoiévski (2009) - https://amzn.to/3GzGfci

O idiota, de Fiódor Dostoiévski (2019) - https://amzn.to/31fyoAt

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W