Mudança de hábito: hora da refeição

Europeus comiam em horários diferentes

Flávia Pinho Publicado em 01/04/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Imagine jantar às 4 da tarde. Estranho, não? Pois era nesse horário que os moradores das principais cidades da Europa sentavam-se à mesa para comer até o século 18. Foi só após a Revolução Industrial, quando o mundo dos negócios passou a manter os homens mais tempo fora de casa, que o horário da refeição se alterou bastante – primeiro para as 18h, depois para as 19h30. O jeito para driblar a fome foi inventar um lanche. Os franceses passaram a fazer uma boquinha lá pelas 5 da tarde, quase sempre chá com bolo, imitando o hábito dos ingleses. Com essa prática, eles acabaram lançando moda.

O que se comia

Ao contrário do que ocorria no jantar, os pratos servidos no almoço eram frios

Café-da-manhã (ou pequeno almoço)

Horário: bem cedo, ao levantar

Menu: leite, café, chá ou chocolate com pãozinho ou torrada

Segundo almoço (ou almoço de garfo)

Horário: entre 10h e 12h

Menu: entradas, embutidos, carnes frias e sobremesa

Jantar

Horário: entre 16h e 17h

Menu: carnes grelhadcs, servidas com acompanhamentos quentes e saladas

Ceia

Horário: depois que acabavam os saraus

Menu: refeição fria, com cardápio semelhante ao do segundo almoço