Curiosidades » Estados Unidos

Os 23 casamentos de Linda Wolfe, a mulher que mais se divorciou na História

De acordo com o Guinness Book, a relação mais longeva durou 7 anos, e a mais curta apenas 36 horas

Daniela Bazi Publicado em 04/02/2020, às 14h31

Linda Wolfe com fotos de alguns de seus ex-maridos
Linda Wolfe com fotos de alguns de seus ex-maridos - Divulgação

A americana Linda Lou Wolfe, natural da cidade de Anderson, em Indiana, está presente no Guinness Book, o livro dos recordes, por ser a mulher que mais se casou em toda a história. Ao todo, a senhora acumula 23 maridos, casando pela primeira vez aos 16 anos, com George Scott, que também foi seu relacionamento mais duradouro - no total, 7 anos de matrimônio.

Já o seu casamento que durou por menos tempo foi com Fred Chadwick, que existiu durante 36 horas. Entretanto, esse não foi o mais estranho. Linda já chegou a se casar com um homem chamado Tom Stutzman dentro do reformatório de Pendleton, em Indiana, enquanto o mesmo cumpria pena por estupro.

Wolfe revelou que seu melhor marido foi Jack Gourley, com quem se casou três vezes. Segundo a mulher, ela gostava do rapaz principalmente por ter o costume de improvisar encontros e pelo estranho hábito de nadar nu. Linda teve sete filhos durante seus relacionamentos, e acabou sendo madrasta de muitos outros.

Seu último matrimônio foi com Glynn "Scotty" Wolfe, também recordista por ser o homem que mais casou no mundo, com 29 esposas. Eles trocaram votos em 1996, e decidiram se unir apenas por publicidade, para manter os recordes. Perto de completarem um ano de união, Scotty faleceu, aos 88 anos.

Glynn Wolfe, marido de Linda e recordista de mais casamentos na História / Crédito: Divulgação

 

"É fácil resumir. Quando eu era mais nova, eu era apenas uma criança de nariz ranhoso, mas os meninos do bairro estavam todos apaixonados por mim. Todos queriam se casar comigo”, disse Linda ao comentar sobre sua juventude.

Wolfe também revelou que gostaria que existisse uma placa com seu nome na entrada de sua cidade, em homenagem a seu incrível recorde “Eu comecei a pensar que em algumas dessas cidades onde vivem recordistas mundiais, eles têm placas fora dos limites da cidade. Eu não me importaria se Anderson tivesse um sinal como esse".

Antes de morrer, a mulher esteve solteira durante 12 anos e afirmou que se casaria novamente, pois se sente solitária às vezes. Ela passou a viver numa casa de repouso e aconselha aos jovens que “Apenas se case uma vez, e fique casado. Eu não tive uma cama de rosas, acredite em mim”. Linda faleceu em 27 de setembro de 2009.


+Saiba mais sobre recordes com as obras abaixo:

Guinness World Records 2020, Guinness World Records (2019) - https://amzn.to/398pbZk

Rankbrasil - O livro dos recordes brasileiros, Rankbrasil (2014) - https://amzn.to/31ub7GL

Por Que Olga Não Envelhece?: O Mistério Da Corredora Que Com Mais De 90 Anos, Continua Batendo Recordes E Desafiando A Idade, E O Que Ela Tem A Nos Ensinar, Bruce Grierson (2014) - https://amzn.to/3bkvwmm

Os Campeões Olímpicos e seus Recordes, Edições LeBooks (2016) - https://amzn.to/2RWGqqz

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.