Notícias » Brasil

125 disparos foram feitos durante tentativa de prender Lázaro Barbosa, aponta boletim de ocorrência

O criminoso morreu na manhã da última segunda-feira, 28, após 20 dias fugindo de policiais pela suspeita de assassinatos

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 29/06/2021, às 14h04

Lázaro em imagem capturada por câmera de segurança
Lázaro em imagem capturada por câmera de segurança - Divulgação / Polícia Civil

O relatório feito pelos agentes envolvidos na captura de Lázaro Barbosa estimaram ter realizado 125 disparos contra o criminoso durante a ação policial que matou o foragido durante a manha da última segunda-feira, 28, como informa o portal G1.

Os tiros foram efetuados com três tipos de armas de fogo, sendo elas duas pistolas 9mm — Sig Sauer e uma Taurus — e o restante com um fuzil calibre .566, enquanto o fugitivo retrucava com uma pistola de calibre .38, que foi descarregada contra os agentes policiais.

Ao receber o corpo, a Secretaria de Saúde de Águas Lindas divulgou que ao menos 38 tiros foram identificados, mas ainda serão confirmados pela perícia. Na ocorrência, o episódio é situado próximo a um córrego, onde o Lázaro teria sido visto correndo e atirando contra os militares que o identificaram em um arbusto denso.

Lázaro Barbosa era procurado há 20 dias por uma chacina que tirou a vida de quatro pessoas em Ceilândia, mobilizando mais de 270 agentes policiais. Ele é investigado por ter invadido propriedades em áreas rurais e ter feito pessoas como reféns no período em que esteve foragido.