Notícias » Europa

Antigo diplomata dos Estados Unidos tenta entrar com maconha na Rússia e é preso

O suspeito disse que estava fazendo uso medicinal da droga devido a uma cirurgia

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 27/01/2022, às 15h50

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

Um antigo diplomata americano, chamado Marc Vogel, que hoje atua como professor, foi detido por autoridades da Rússia por suspeita de tráfico de drogas durante esta quinta-feira, 27, ao tentar entrar no país com maconha.

O Ministério do Interior do país falou sobre as acusações contra o americano por meio de comunicado, segundo a AFP:

Os investigadores continuam trabalhando no caso criminal contra o cidadão americano Marc Vogel. O ex-diplomata norte-americano é acusado de tráfico e posse de drogas", informou o Ministério.

Caso Vogel seja condenado, ele poderá passar diversos anos preso na Rússia. O acadêmico já trabalhou dentro da Embaixada dos Estados Unidos em Moscou e usufruiu de imunidade diplomática até maio de 2021.

Agora Vogel trabalhava como professor dentro de uma escola na mesma cidade. Segundo depoimento do americano, ele havia trazido a maconha para dentro do país para uso medicinal, depois de ter feito uma operação na coluna, mas, a Rússia não reconhece o uso medicinal da substância.