Notícias » Personagem

Após ser presa por comprar vaga para filhas em universidade dos EUA, atriz decide bancar estudantes

Lori Loughlin, conhecida por sua participação na série ‘Três É Demais’, desembolsou cerca de R$ 2,78 milhões para auxiliar alunos

Penélope Coelho Publicado em 28/10/2021, às 08h31

Lori Loughlin, em 2017
Lori Loughlin, em 2017 - Getty Images

Depois de passar dois meses na prisão por se envolver em esquema fraudulento, a atriz Lori Loughlin— que ganhou fama por interpretar a personagem tia Becky, no seriado ‘Três É Demais’ (1987 – 1995) decidiu recompensar seu erro.

Sabe-se que Lori foi presa junto com seu marido, após o casal participar de um esquema criminoso comprando vagas para que suas filhas Olivia, de 22 anos, e Bella, de 23, entrassem na Universidade do Sul da Califórnia.

A mulher deixou a prisão em dezembro do ano passado. Após completar seu tempo em liberdade condicional e quitar todas as multas judiciais, a atriz decidiu pagar pela formação universitária de dois estudantes. As informações foram publicadas na última quarta-feira, 27, pelo portal de notícias UOL.

De acordo com a reportagem, uma fonte próxima à Loughlin informou ao US Weekly que a intérprete teria desembolsado mais de 500 mil dólares (aproximadamente R$ 2,78 milhões na cotação atual da moeda) para ajudar nos estudos de duas pessoas, que não tiveram a identidade revelada.

Segundo a fonte, agora, Lori pretende seguir em frente.