Notícias » Inglaterra

Artefatos históricos roubados são recuperados na Inglaterra

Datados de diversas eras da humanidade, as peças foram retiradas ilegalmente do Castelo de Beeston e da Abadia de Roche

Pamela Malva Publicado em 01/07/2020, às 18h00

Imagem meramente ilustrativa do Castelo de Beeston
Imagem meramente ilustrativa do Castelo de Beeston - Wikimedia Commons

Após semanas de investigações, diversos artefatos antigos desaparecidos foram recuperados por policiais da Inglaterra. Representando cerca de 4 mil anos de ocupação humana no país, os objetos haviam sido roubados do Castelo de Beeston, em Cheshire, e da Abadia de Roche, em South Yorkshire.

Durante as operações, seis homens foram presos e acusados pela subtração de diversas peças históricas. Entre elas, foram encontradas cabeças de machado da Idade do Bronze, moedas e múltiplos artigos romanos e medievais.

No total, os mandados de busca expedidos pelas investigações foram executados em sete endereços de Manchester, onde os caçadores de relíquias poderiam estar escondidos. Todos os presos na operação foram soltos, mas continuam sob suspeita, enquanto aguardam novos desdobramentos do caso.

Segundo relatórios da polícia britânica, os policiais responsáveis pelas apreensões encontraram equipamentos de detecção de metais e maconha nas residências investigadas. Agora, os artefatos antigos devem ser submetidos à diversas análises, a fim de identificar possíveis partes danificadas pelo roubo.