Notícias » Crime

Autoridades alemãs retomam investigações para tentar solucionar crime de 1996

O caso, que ocorreu há 23 anos, resultou no sequestro e morte de uma criança

Isabela Barreiros Publicado em 24/11/2019, às 11h26

Imagem meramente ilustrativa de uma boneca quebrada
Imagem meramente ilustrativa de uma boneca quebrada - Pixabay

A polícia alemã retomou a investigação do caso de assassinato de uma garota que aconteceu há 23 anos em Grevenbroich, oeste da Alemanha. Os investigadores começaram a realizar novos testes de DNA para tentar encontrar o responsável pelo crime

Foram enviadas intimações para aproximadamente 900 homens, que poderiam estar envolvidos no delito. As autoridades recuperaram amostras de DNA da cena do crime com o objetivo de compará-las com os novos espécimes que começaram a ser obtidos ontem, 23. 

As investigações dizem respeito ao caso de Claudia Ruf, 11, que passeava com o cachorro do vizinho em Grevenbroich, na Alemanha, quando foi sequestrada, em 1996. Ela foi encontrada a 70 quilômetros da cidade, agredida sexualmente e assassinada. 

"Depois de mais de 23 anos, há uma grande possibilidade de resolver o triste destino da minha filha. O criminoso conseguiu por muito tempo se esconder atrás de todos nós”, disse Friedhelm Ruf, pai de Claudia.