Notícias » Brasil

Bloco Especial homenageia 90 anos do Cristo Redentor

Emissão faz parte das comemorações dos 90 anos da emblemática obra arquitetônica

Redação Publicado em 28/09/2021, às 10h55

Imagem revela o bloco postal
Imagem revela o bloco postal - Divulgação/Correios

Os Correios colocaram em circulação o “Bloco Postal Especial Homenagem ao Monumento do Cristo Redentor”. A emissão faz parte das comemorações dos 90 anos desta emblemática obra arquitetônica e artística brasileira, reconhecida internacionalmente e considerada uma das 7 maravilhas do mundo moderno.

Em 1921, foi retomada a ideia que já circulava no imaginário nacional desde o final do século XIX: a construção de uma estátua de Jesus Cristo sobre o Monte Corcovado, no Rio de Janeiro.

[Colocar ALT]
Divulgação/Correios

O engenheiro carioca Heitor da Silva Costa apresentou o projeto vencedor e conduziu o processo de construção do monumento, que contou com as participações do escultor francês Paul Landowski, especialista no estilo art decó, do engenheiro francês Albert Caquot, que realizou os cálculos estruturais, e de Pedro Fernandes Viana, como engenheiro fiscal.

A construção levou cinco anos, unindo a engenharia, a arquitetura, a escultura e o trabalho primoroso dos operários. A estátua de concreto armado foi revestida por um grande mosaico de pedra sabão, um material bonito, maleável, resistente ao calor, ao frio e à erosão. Em 12 de outubro de 1931, dia de Nossa Senhora Aparecida, a imagem de Jesus com o tronco ereto e de braços abertos, com o mundo aos seus pés, foi inaugurada.

Sobre os selos - Esta não é a primeira vez que a famosa estátua estampa selos postais. Por sua imponência e simbolismo, o monumento - um dos principais cartões postais brasileiros no exterior -, também inspirou outras emissões da filatelia nacional e, até mesmo, de outros países, entre eles o Japão e a França; além de peças lançadas em conjunto com nações amigas, como o Selo Síria Brasil, em 2010.

A arte do bloco filatélico é composta por 4 obras originais do artista brasileiro Oskar Metsavaht. O fundo é composto por uma fotografia em tons de cinza onde o Cristo Redentor, em primeiro plano, aparece sobre o Monumento Natural das Ilhas Cagarras, unidade de conservação localizada em frente à Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

Os 3 selos sobrepostos ao fundo são obras icônicas do olhar do artista para o Cristo Redentor, revelando sua ‘pele’, formada por milhares de pequenos triângulos de pedra-sabão. As fotos foram impressas em preto com fundo prata para ressaltar os detalhes do monumento. Acima dos selos, há a assinatura comemorativa junto da logomarca oficial do Santuário Cristo Redentor. Além da fotografia, foi usada a técnica de computação gráfica.

As fotos que ilustram o bloco filatélico também compõem da recém-inaugurada exposição individual de Oskar Metsavaht “90 || 25 - Ícones e Arquétipos”, que fica aberta até o dia 5 de dezembro no Museu de Arte Contemporânea de Niterói/RJ, de terça a domingo, das 11h às 16h.

A apresentação dos selos fará parte ainda da exposição promovida pelo Santuário Cristo Redentor, iniciativa que integra a programação comemorativa dos 90 anos do monumento.

Com tiragem de 20 mil blocos, com valor de R$ 11,85 cada, os selos estão disponíveis para venda na loja virtual e, em breve, nas principais agências dos Correios.