Notícias » Segunda Guerra

Bunker alemão da Segunda Guerra é encontrado por acaso na Bélgica

Durante a construção de um cassino, o abrigo subterrâneo utilizado por nazistas foi descoberto

Alana Sousa Publicado em 06/01/2021, às 12h00

Imagem do bunker descoberto
Imagem do bunker descoberto - Divulgação

Mesmo após 75 anos do fim da Segunda Guerra, vestígios de um dos mais letais conflitos do século 20 ainda são encontrados por especialistas. Assim foi o caso de um bunker alemão, descoberto em uma obra de demolição no munícipio de Middelkerke, na Bélgica. A informação foi divulgada pelo portal inglês Flanders News.

O esconderijo nazista foi localizado, pois, o antigo cassino de Middelkerke estava sendo demolido para que um novo fosse construído no mesmo local. Após os trabalhadores notarem aspectos incomuns na construção, um exame arqueológico foi solicitado. Então, o forte subterrâneo foi identificado; mais estudos serão feitos na região futuramente.

Até o momento, os arqueólogos revelaram que o bunker fazia parte da Muralha do Atlântico e esperam ainda encontrar outra estrutura nas proximidades do local utilizado pela Alemanha Nazista. A esperança é de que análises mais detalhadas possam também indicar aspectos da vida dos soldados que lá ficavam.

Enquanto isso, a construção do cassino ficará paralisada, conforme explicado por Natacha Lejaeghere, membro do gabinete do patrimônio do país: “Isso vai depender do valor histórico do bunker. A construção pode demorar um pouco, mas temos que esperar para ver. Somos pessoas positivas e otimistas e estamos convencidos de que a construção do novo cassino será extremamente tranquila”.

Sobre a Segunda Guerra

Ocorrida entre 1939 e 1945, o segundo conflito militar se dividia entre Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e Aliados (França, Inglaterra, EUA e URSS). Com batalhas sangrentas deixando de 70 a 85 milhões de mortos, a Segunda Guerra ficou marcada pelos horrores da Alemanha Nazista e dos campos de concentração, organizados pelo partido de Adolf Hitler.

Nomes como o de Winston Churchill, Franklin D. Roosevelt e Josef Stalin foram de grande importância para combater os regimes fascistas de Hitler e Benito Mussolini. Um dos capítulos mais sombrios e notórios do século 20 deixou marcas na humanidade que, até hoje, não foram totalmente resolvidas.