Notícias » Curiosidades

Bússolas apontam para o norte verdadeiro pela primeira vez em mais de três séculos

Norte magnético e norte verdadeiro coincidirão até mais ou menos 2040

Redação Publicado em 03/09/2019, às 09h00

None
Reprodução

Nas próximas duas semanas, as bússolas de Greenwich, Reino Unido, lar do famoso meridiano, apontarão para o norte verdadeiro pela primeira vez em 360 anos.

A diferença indicada pela agulha da bússola entre o norte verdadeiro e o norte magnético, que sempre muda, é chamada de declinação. Ela muda de acordo com o lugar onde se está. Nos últimos séculos, essa declinação vinha sendo negativa em Greenwich, com a bússola sempre apontando levemente para oeste além do norte.

A linha agônica une os pólos magnéticos norte e sul e sua declinação é zero. Ela vem se movendo para oeste, mais ou menos 20 quilômetros por ano.

A partir de Setembro, será a primeira vez que ela estará em longitude zero desde que o Royal Observatory Greenwich passou a observar os pólos magnéticos, em 1839. A linha continuará seguindo seu percurso e, segundo os especialistas, por volta de 2040, as agulhas das bússolas provavelmente apontarão para leste do norte verdadeiro.

O impacto disso na vida diária dos cidadãos é nulo. Bússolas e sistemas de GPS continuarão funcionando normalmente.