Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / LGBTQIA+

Casamentos homoafetivos serão realizados na Igreja Metodista mais antiga do mundo

Decisão foi oficializada no último dia do mês do Orgulho LGBTQIA+

Fabio Previdelli Publicado em 30/06/2022, às 13h55

Imagem ilustrativa - Divulgação/John Wesley New Room
Imagem ilustrativa - Divulgação/John Wesley New Room

A partir desta quinta-feira, 30, último dia do mês do Orgulho LGBTQIA+, a Igreja Metodista mais antiga do mundo passou a permitir a realização de casamentos homoafetivos após uma votação unânime. As informações são da BBC internacional.

Assim, qualquer casal que viva na cidade de Bristol, no sudoeste da Inglaterra, poderá ter uma cerimônia realizada na The New Room, capela criada em 1739 pelo evangelista e fundador do movimento metodista John Wesley.

Quarta maior denominação cristã da Grã-Bretanha, a Igreja Metodista possui cerca de 164.000 membros divididos em cerca de 4 mil igrejas. Para a reverenda Mandy Briggs, a decisão se deu como um “próximo passo natural”, relatou à BBC.

Casamento homoafetivo

Após realizar uma votação dentro do movimento em 2019, a Conferência Metodista decidiu, no ano passado, permitir o casamento homoafetivo. Desta forma, as igrejas locais poderiam optar por realizar cerimônias em edifícios específicos, o que não ocorreu na sede de Bristol, que optou por manter seus compromissos no mesmo local — o que tornou o espaço um dos poucos lugares no centro da cidade a realizar tal prática.  

“Esta decisão de registrar o New Room de John Wesley como um local para casamentos entre pessoas do mesmo sexo é o último passo em nossa jornada de aliança com a comunidade LGBTQIA +", completou Briggs, que informou que a capela também disponibilizará serviços de benzimento para casais gays que foram casados na igreja.