Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Céline Dion

Céline Dion: Cantora lançará filme sobre como síndrome rara afetou sua vida

Documentário 'I Am: Céline Dion' será lançado no Amazon Prime Video, e contará sobre relação de cantora com a síndrome da pessoa rígida

Éric Moreira Publicado em 31/01/2024, às 07h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A cantora Céline Dion - Getty Images
A cantora Céline Dion - Getty Images

Céline Dion, famosa cantora e atriz canadense que ficou bastante conhecida recentemente após ser diagnosticada com síndrome rara, vai lançar um documentário no qual mostrará sua relação com a condição. No ano passado, ela precisou cancelar uma turnê na Europa, e anunciou sofrer com a síndrome da pessoa rígida.

Essa síndrome, vale explicar, é uma doença neurológica considerada rara, que causa rigidez nos músculos e também alguns espasmos, podendo dificultar grandemente a capacidade motora do indivíduo. Sendo mais comum em mulheres, ainda pouco se sabe sobre o que pode provocar tal condição — que pode estar relacionada a uma série de outras questões de saúde como diabetes ou câncer —, que pode se espalhar para diversas partes do corpo e dificultar fala, locomoção, respiração, entre outros.

Tem sido um desafio para mim, desde descobrir minha condição até aprender a viver com ela e gerenciá-la, mas sem deixar que me defina", escreveu a cantora no Instagram. "Durante essa ausência, decidi que queria documentar essa parte da minha vida, tentar aumentar a conscientização sobre essa condição pouco conhecida e ajudar outras pessoas que compartilham o diagnóstico."

O documentário em questão será chamado 'I Am: Céline Dion' ('Eu Sou: Céline Dion', em português), sendo dirigido por Irene Taylor e lançado no Amazon Prime Video. Ainda não há uma data estimada para a estreia.

+ Após revelar doença, Céline Dion luta para evitar aposentadoria precoce: 'Ela não desistiu'

Doença rara

Conforme repercutido pela Folha de S. Paulo, Céline Dion revelou seu diagnóstico de síndrome da pessoa rígida em dezembro de 2022, depois de precisar adiar parcialmente a turnê 'Courage World Tour'. Na época, contou como a condição dificultava sua vida pessoal e profissional, e também que estava se esforçando para se fortalecer.

Ao longo do ano passado, ela dedicou-se principalmente ao tratamento. No entanto, anúncios feitos por familiares da cantora, especialmente por sua irmã, demonstravam que ela apresentava poucos sinais de melhora e de resposta aos medicamentos. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!