Notícias » América Latina

Colômbia prende narcotraficante mais procurado do país: 'Só se compara à queda de Pablo Escobar'

Prisão de Dairo Antonio Úsuga David, o Otoniel, foi comparada à queda de Pablo Escobar

Redação Publicado em 25/10/2021, às 09h10

Registro da prisão de Otoniel na Colômbia
Registro da prisão de Otoniel na Colômbia - Divulgação/Vídeo/AFP Photo/Colombian Army

O narcotraficante mais procurado da Colômbia, Dairo Antonio Úsuga David, mais conhecido como Otoniel, foi preso no último sábado, 23, como informaram as autoridades do país latino-americano. 

O criminoso foi detido a partir de uma operação conjunta realizada pela polícia colombiana e pelas Forças Armadas, localizada no noroeste da Colômbia. As informações foram repercutidas pelo portal UOL.

Iván Duque, presidente da nação responsável pela prisão do narcotraficante, afirmou em uma declaração recente que o feito é extremamente importante para a guerra contra o narcotráfico, uma realidade no país há décadas.

Este é o golpe mais duro dado ao narcotráfico neste século em nosso país e só se compara à queda de Pablo Escobar [em 1993]", disse, enquanto estava na base militar de Tolemaida, no Centro da Colômbia. 

Duque, Otoniel descreveu o homem como o "o traficante de droga mais temido do mundo", além de "assassino de policiais, militares, lideranças sociais, além de recrutador de menores" e abusador.

O narcotraficante era o líder máximo do Clã do Golfo e estava na lista vermelha da Interpol, contando com mais de uma centena de processos abertos na Justiça da Colômbia. Ele era procurado desde 2015.