Notícias » Peru

Congresso peruano rejeita impeachment do presidente Castillo

"Saúdo que a sensatez, a responsabilidade e a democracia tenham prevalecido", declarou o presidente em suas redes sociais

Redação Publicado em 29/03/2022, às 10h47

O presidente Castillo
O presidente Castillo - Getty Images

O Congresso do Peru não aprovou o pedido de impeachment contra o presidente do Peru, Pedro Castillo, na última segunda-feira, 28. A oposição o acusava de falta de rumo em sua administração e de permitir uma suposta corrupção ao seu redor.

No início da reunião, que durou mais de oito horas, o presidente apresentou sua defesa. Em seguida 95 parlamentares discursaram. No fim, foram 55 votos a favor da destituição, frente a 54 contra, enquanto outros 19 parlamentares optaram pela abstenção. Para que o impeachment fosse aprovado, seriam necessários 87 votos, segundo informou a AFP.

"Não foi aprovada a resolução para declarar a vacância da presidência da República", disse a presidente do Congresso, María del Carmen Alva.

De acordo com a agência de notícias, o resultado da votação foi previsível, já que a imprensa local já havia informado que os principais opositores de Castillo não tinham os votos necessários para afastá-lo do cargo.

"Saúdo que a sensatez, a responsabilidade e a democracia tenham prevalecido. Reconheço os parlamentares que votaram contra a vacância e respeito a decisão daqueles que votaram a favor", declarou o presidente do país em publicação no Twitter. "Peço a todos para virar a página e trabalhar juntos pelos grandes desafios do país", finalizou.