Notícias » Mundo

Coreia do Sul anuncia primeiro caso de morte por coronavírus

O país país possui 104 casos de infecção, no entanto, o óbito ocorre em um momento em que a situação mundial parece melhorar

André Nogueira Publicado em 20/02/2020, às 12h48

Casos na Coeria do Sul ultrapassam 100 pessoas
Casos na Coeria do Sul ultrapassam 100 pessoas - Getty Images

A Coreia do Sul registrou hoje, 20, o primeiro óbito após a contaminação do coronavírus, como foi divulgado ao mundo pela agência Yonhap News. O país, no total, possui 104 casos confirmados de infecção, devido à presença de uma pessoa que teria frequentado espaços sociais antes de descobrir a doença.

O caso aparece num momento em que as autoridades da saúde tentam reduzir a histeria causada pelo surto originado na China. Atualmente, não são contabilizados como casos concretos indivíduos cujos testes da doença deram negativo (ao contrario do que era feito anteriormente, o que tinha levado ao exponencial o número de declarações de infecção).

Os casos chineses tem sido menos alarmantes desde que o governo parou de diagnosticar os suspeitos de forma imediata. Todavia, existe uma redução real na violência do surto em relação à sociedade civil: a China registrou uma redução a pouco mais de 6% da mortalidade dos pacientes nas últimas 24 horas.

O vizinho mais próximo, a Coreia do Norte, não anunciou casos do vírus no país, mas tem sido incisivos no combate à disseminação, como o episódio em que um oficial preso por ter arriscado a vida ao frequentar uma casa de banho pública.

O jornal Al Jazeera publicou artigo alegando que um possível surto no país teria consequências mais desastrosas que o caso da China. Entidades internacionais alegam duvidar dos dados divulgados por Pyongyang.