Notícias » Brasil

Datafolha: Uma em cada quatro mulheres sofreram algum tipo de violência, em meio à pandemia

A pesquisa aponta que as agressões dentro de casa aumentaram no Brasil

Penélope Coelho Publicado em 07/06/2021, às 09h26

Imagem meramente ilustrativa de violência doméstica
Imagem meramente ilustrativa de violência doméstica - Divulgação/Pixabay/Alexas_Fotos

De acordo com informações publicadas nesta segunda-feira, 7, pelo G1, uma pesquisa do Instituto Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelou que uma em cada quatro mulheres residentes do Brasil, acima de 16 anos, afirmam ter sofrido algum tipo de violência no último ano, durante a pandemia do novo Coronavírus.

Segundo revelado na reportagem, a pesquisa ‘Visível e Invisível: a vitimização de mulheres no Brasil’ demonstra que em 2020, cerca de 17 milhões de mulheres (24,4%) sofreram violência física, psicológica ou sexual. Os dados demonstram estabilidade em relação à ultima pesquisa sobre o tema, feita em 2019, quando o índice foi de 27,4%.

A pesquisa recente mostra que as agressões dentro de casa aumentaram durante esse período, passando de 42% para 48,8%. Ao mesmo tempo, as agressões na rua caíram de 29% para 19%. O estudo atual aponta que a participação de namorados, maridos e ex-companheiros nos casos de violência aumentou.

O Datafolha revelou que a terceira edição da pesquisa ouviu 2.079 mulheres acima de 16 anos, em maio deste ano, com perguntas que se referiam ao ano anterior.

Sabe-se que nos meses iniciais da pandemia de Covid-19, o Fórum Brasileiro de Segurança delatou um aumento do feminicídio no Brasil. Contudo, o número de ocorrências diminuiu, acredita-se que o fenômeno tenha acontecido em decorrência da dificuldade da vítima em relatar a agressão, com o autor da violência dentro de casa.