Notícias » Personagem

Divulgadas cartas inéditas entre Andreu Nin e Leon Trotsky

Descrevendo conversas que teve com Trotsky, mas também abordando outros nomes, dossiê apresenta documentos singulares

André Nogueira Publicado em 01/12/2019, às 11h04

Leon Trotsky durante o seu período de exílio
Leon Trotsky durante o seu período de exílio - Arquivo Geral do México

Foi publicado na Espanha um trabalho de compilação de cartas inéditas descobertas entre o sindicalista catalão Andreu Nin e Leon Trotsky entre 1928 e 1930. O dossiê foi publicado com o nome Andreu Nin: Letters from Moscou.

As cartas foram divulgadas na Biblioteca Histórica Marques de Valdecilla (Universidade Camplutense de Madrid), pelo professor Pelai Pagés. De acordo com os registros, Andreu ainda trabalhava para a organização Internacional Comunista, fundada por Lenin em 1919, quando enviou as correspondências.

Além de Nin, há doumentos escritos pelo revolucionário ucraniano para Joaquín Maurín, Eugeni d'Ors, Prudencia Bertrana, Joan Puig i Ferreter, Feliu Elias e Diego Hidalgo. Os temas abordados são diversos, icluindo a vida pessoal dos correspondentes, a situação de Moscou, o movimento operário espanhol e política nacional.