Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Natalia Grace

DNA confirma idade de jovem acusada de ser 'A Órfã' da vida real

A ucraniana Natalia Grace foi acusada de ser uma adulta se passando por criança órfã para matar seus pais adotivos

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 04/01/2024, às 10h55 - Atualizado às 12h14

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Natalia Grace ainda criança - Divulgação
Natalia Grace ainda criança - Divulgação

Um teste de DNA revelou que Natalia Grace, uma órfã ucraniana acusada de tentar matar seus pais adotivos há quase uma década, agora com quase 22 anos, tinha menos de 10 anos quando foi adotada. Os resultados do teste contradizem as alegações de Michael e Kristine Barnett, que afirmavam que ela era uma adulta homicida na casa dos 20 anos se passando por uma criança de seis anos quando a adotaram há 14 anos.

Na série documental intitulada "The Curious Case of Natalia Grace: Natalia Speaks", que consiste em seis partes, Grace, diagnosticada com uma forma rara de nanismo chamada displasia espondiloepifisária congênita, submete-se ao teste de DNA.

De acordo com o New York Post, a análise apontou que a garota sempre foi verdadeira sobre sua idade e que ela tinha apenas 9 anos quando foi adotada pelos Barnetts, que a levaram para o Canadá.

Grace compartilhou sua versão dos eventos após sua adoção em abril de 2010. Dois anos depois, os Barnetts buscaram legalmente mudar o ano de nascimento da menina de 2003 para 1989, alterando sua idade de 8 para 22 anos, o que foi concedido pelo Tribunal de Sucessões do Condado de Marion, em Ohio.

Acusações de abuso

Os Barnetts chegaram até mesmo a acusar Grace de abusar emocional e fisicamente deles, além de alegar que ela os atacou enquanto dormiam com uma faca, uma acusação que ela nega.

Em 2013, o casal enfrentou problemas legais quando a jovem foi encontrada morando sozinha em um apartamento em Lafayette, Indiana, levando a uma investigação e suas prisões.

Em 2019, ambos foram acusados de negligência, mas Michael Barnett foi considerado inocente por um júri em 2022, enquanto Kristine Barnett teve todas as acusações rejeitadas em março de 2023. O episódio apontado pelo casal até mesmo fez Grace ter sido comparada com a menina do filme 'A Órfã', na qual uma adulta psicopata se passa por uma criança.