Notícias » Oceania

Dois trens do século 19 são retirados de rio na Nova Zelândia

Após seis anos de esforços, as locomotivas inglesas bem preservadas, de 34 toneladas, foram extraídas de dentro d'água

André Nogueira Publicado em 05/03/2020, às 13h00

Segunda locomotiva
Segunda locomotiva - Lumsden Heritage Trust

Após anos de esforços absurdos, duas locomotivas de origem inglesa, Classe V, foram retiradas de um rio, o Oreti, onde foram encontradas, na Nova Zelândia. As máquinas são de 1885 e estavam consideravelmente preservadas e deram grande trabalho, pois pesam 34 toneladas.

Os veículos foram desenvolvidos para a estrada de ferro New Zealand Rail, empresa neocolonial cuja fábrica estava em Manchester. Sua operação abrangia mercadorias e passageiros em viagens domésticas, mas a máquina acabou se tornando obsoleta em tamanho e preço de custeio, sendo aposentada em 1927.

Locomotiva Classe V / Crédito: Lumsden Heritage Trust

 

Então, os objetos foram lançados dentro do rio como forma de descarte, ficando por lá até o início desse ano. A primeira locomotiva, que necessitou de anos de estudos para que fosse levada à superfície, foi recuperada em janeiro, enquanto a extração da segunda ocorreu apenas na virada de fevereiro para o mês de março.

Em menos de dois meses, os objetos já se tornaram ponto turístico da região. Colocadas uma ao lado da outra, sob supervisão do Conselho Patrimonial da área (Lumsden), as máquinas já atrairam uma série de viajantes ingleses. Os responsáveis pelo órgão pretendem empreender um profundo trabalho de restauração e conservação dos trens.