Notícias » Entretenimento

Dolly Parton não queria ‘causar problemas’ por indicação ao Hall da Fama do Rock

A cantora é conhecida pela carreira na música country

Redação Publicado em 05/05/2022, às 19h05

Dolly Parton com violão durante apresentação em 2014
Dolly Parton com violão durante apresentação em 2014 - Getty Images

Dolly Parton recebeu, em março deste ano, uma indicação para integrar o Hall da Fama do Rock em 2002. A cantora, no entanto, recusou a honraria na época, o que foi muito comentada nas redes sociais — isso porque ela é conhecida pela carreira na música country.

Em entrevista à Billboard, repercutida pela Rolling Stone Brasil, a artista falou sobre como ficou surpresa com a indicação por não se considerar uma “rockstar”. Ainda assim, demonstrou gratidão por ter sido escolhida na votação.

"Me sinto ótima pelas pessoas que votaram em mim. Nunca quis causar problemas ou controvérsias. Era apenas minha crença — acho que a de milhares de outras pessoas também — de que o Hall da Fama do Rock era apenas para os melhores no rock 'n' roll”, explicou.

Em uma publicação no seu perfil no Instagram feita na época da indicação, a cantora escreveu que ficou lisonjeada e grata com a indicação, mas ameaçou se retirar voluntariamente para que a votação acontecesse sem divisão por conta dela.

“Mesmo que eu esteja extremamente lisonjeada e grata por ser indicada para o Hall da Fama do Rock, não sinto que tenho esse direito. Realmente não quero que os votos fiquem divididos por minha causa, então devo respeitosamente me retirar”, afirmou.

Ela concluiu: “Espero que Hall da Fama do Rock entenda e esteja disposto a me considerar novamente — se eu for digna. Isso, no entanto, me inspirou a lançar um ótimo álbum de rock n' roll em algum momento no futuro, o que eu sempre quis fazer! Meu marido é um grande fã de rock e sempre me encorajou a fazer um.”

Sobre o posicionamento após a indicação, Parton avaliou: "Não sentia como se eu coubesse, não queria tirar isso de alguém que trabalhou duro. Queria sair antes de começar. Descobri depois que, obviamente, é mais que isso. Estou muito honrada."