Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Lula

Durante discurso Lula presta homenagem à Dom Phillips e Bruno Pereira

Ex-presidente pediu um minuto de silêncio para jornalista inglês e indigenista assassinados no AM durante evento

Redação Publicado em 16/06/2022, às 16h06

Lula durante evento em 2022 - Foto de Rodrigo Paiva no Getty Images
Lula durante evento em 2022 - Foto de Rodrigo Paiva no Getty Images

Em ato em Uberlândia, Minas Gerais, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) homenageou Dom Phillips e Bruno Pereira, jornalista inglês e indigenista, assassinados no Amazonas. O evento ocorreu nessa quarta-feira, 15.

Durante seu discurso em meio a apoiadores mineiros, o candidato à presidência pediu um minuto de silêncio em homenagem aos dois, que como confirmado pela Polícia Federal foram esquartejados e enterrados.

Estou triste. É muito triste. Esse país é muito grande, civilizado e não pode passar a imagem para o exterior que somos incivilizados, que nós matamos quem defende a Amazônia, os indígenas", disse.

Em discurso, Lula também afirmou que não haverá garimpo ilegal em terra indígena durante seu governo, caso eleito. As informações são da Folha de S. Paulo. "A demarcação de terras indígenas é compromisso moral e ético daqueles que são humanistas", afirmou.

Ao lado de Alexandre Kalil, pré-candidato ao governo de Minas gerais, com o apoio do PT, Lula teve sua primeira agenda pública desde que contraiu Covid-19 e primeiro evento público com Alexandre Kalil desde que eles anunciaram sua aliança em maio.

Dezenas de outdoors foram espalhados em Uberlândia com o escrito "bandidos não são bem-vindos" desde que o petista anunciou sua visita ao local. Durante seu discurso, ele comentou a respeito do episódio ocorrido nessa quarta-feira, quando um drone lançou fezes em seus apoiadores antes do início do evento. O ex-presidente também criticou o presidente Bolsonaro e respondeu aos anúncios espalhados. 

"Não adianta fazer provocação, outdoor, drone, jogar bobagem para cá. Estamos predestinados e dispostos a varrer essa gente do país, porque essa gente destruiu o Brasil", disse Lula.

Líquido com "Chama mosca"

Antes do início do evento nessa quarta-feira, 15, apoiadores de Lula foram atingidos por fezes vindas de um drone que sobrevoava o local. A assessoria de imprensa do candidato, em nota, anunciou que o drone despejou no público: "um líquido malcheiroso, provavelmente uma substância conhecida como chama mosca".

O candidado comentou a respeito do incidente durante seu discurso: "Me disseram que talvez tenha sido agrotóxico. É importante que quem recebeu essa sujeira fique atento, não vamos deixar barato.", disse. "Não são seres humanos normais, são canalhas", comentou a respeito dos responsáveis.