Notícias » Estados Unidos

Durante protestos pela morte de George Floyd, filha do prefeito de Nova York é presa

Chiara de Blasio foi detida, em Manhattan, no mesmo dia em que seu pai declarou que era hora dos protestos começarem a diminuir

Penélope Coelho Publicado em 01/06/2020, às 11h00

Bill de Blasio, em 2013
Bill de Blasio, em 2013 - Wikimedia Commons

A filha do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, Chiara, foi apreendida durante protesto contra o racismo, na região de Manhattan. A prisão aconteceu no último sábado, 30. Segundo autoridades policiais de Nova York, Blasio foi detida por bloquear o tráfego na Broadway, após se recusar a deixar a via livre.

Segundo informações do periódico norte-americano, New York Post, Chiara participava de manifestações pela morte de George Floyd, um homem negro que foi morto por um policial branco durante uma abordagem na semana passada.

A prisão da mulher de 25 anos aconteceu no mesmo dia em que seu pai, o prefeito da cidade, disse em entrevista coletiva que era hora dos protestos começarem a diminuir: "Se você saiu pacificamente para enfatizar a necessidade de mudança, você foi ouvido e a mudança está chegando na cidade. Não tenho dúvidas disso. É hora de ir para casa, para que todos possamos seguir em frente.", afirmou Bill.

Segundo o New York Post, Chiara recebeu uma ordem para comparecer ao tribunal, além disso, a prefeitura de Nova York não fez nenhum comentário sobre a sua prisão.