Notícias » Estados Unidos

Editora da Vogue responde críticas à capa de Kamala Harris: “Não queremos nada além de comemorar a incrível vitória da vice-presidente eleita”

Anna Wintour defendeu a foto usada na capa da revista depois de críticas relacionadas ao ‘embranquecimento’ de Harris

Isabela Barreiros Publicado em 12/01/2021, às 17h01

Capa da Vogue USA com a vice-presidente eleita Kamala Harris
Capa da Vogue USA com a vice-presidente eleita Kamala Harris - Divulgação - Vogue USA

A vice-presidente eleita dos EUA, Kamala Harris, é a capa da Vogue estadunidense na edição de fevereiro. Com a divulgação das fotos, muitas pessoas começaram a criticar a revista, alegando que as fotografias da política foram “embranquecidas” e condenando a iluminação “desbotada” do set.

Em um comunicado divulgado hoje, 12, pelo New York Times, a editora da Vogue norte-americana, Anna Wintour, defendeu as fotos após as críticas, afirmando que elas querem representar Harris no contexto atual, celebrando suas vitórias. 

"Não queremos nada além de comemorar a incrível vitória da vice-presidente eleita Harris e o momento importante que este é para a história da América e, em particular, para as mulheres de cor em todo o mundo", afirmou Wintour.

Ela explicou o uso de uma roupa informal pela presidente, que vestia jeans e tênis: "Todos nós sentimos muito, muito fortemente que o retrato menos formal do vice-presidente eleito realmente refletia o momento em que estávamos vivendo".

"Sentimos que refletir este momento trágico na história global, um quadro muito menos formal, realmente refletia a marca registrada da campanha Biden / Harris e tudo o que eles estavam tentando — e tenho certeza que irão — alcançar", concluiu.