Notícias » Personagem

Ellie Kemper, de The Office, pede desculpas por participação em evento racista no passado

A atriz se tornou alvo de polêmicas depois que vazaram fotos suas em um baile de origem racista aos 19 anos

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 08/06/2021, às 09h45

A atriz Ellie Kemper
A atriz Ellie Kemper - Getty Images

A atrizEllie Kemper, de "The Office", se manifestou em suas redes sociais dias após fotos da mesma em um baile de debutante racista terem vazado e gerado inúmeras críticas nas redes sociais.

A artista pediu desculpas ontem, 7, através de uma publicação no Instagram, na qual confirmou ter participado do evento Veiled Prophet Ball no ano de 1999, aos 19 anos.

"A organização centenária que sediou o baile das debutantes tinha um passado indiscutivelmente racista, sexista e elitista", escreveu. "Não conhecia essa história na época, mas ignorância não é desculpa. Eu tinha idade suficiente para ter me educado antes."

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ellie Kemper (@elliekemper)

 

Em seguida, Kemper afirmou reconhecer que, como uma mulher branca, ela é beneficiária de um sistema desigual. "Quero me desculpar com as pessoas que decepcionei."

"Prometo que vou ouvir, continuar a me educar e usar meu privilégio para apoiar uma sociedade melhor que julgo que somos capazes de nos tornar", declarou ela, que foi eleita "rainha do amor e da beleza" no evento ocorrido no Missouri, já chamado Feira Saint Louis à época em que participara.

No entanto, o nome original da celebração, o qual permaneceu até 1992, era Baile do Profeta Velado. Realizado pela antiga Organização do Profeta Velado, o evento se mostrou abertamente racista ao longo dos anos, proibindo que negros e judeus fossem membros. Foi apenas com muitos protestos que a regra foi alterada em 1979.