Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Empregos na Rússia serão mantidos, afirma McDonald's

A companhia, que emprega mais de 60 mil russos, anunciou encerramento das atividades no país

Redação Publicado em 17/05/2022, às 08h15

Placa do McDonald's - Getty Images
Placa do McDonald's - Getty Images

A companhia de fast food McDonald's anunciou na última segunda-feira, 16, que irá preservar milhares de emprego na Rússia, mesmo depois de comunicar o encerramento das atividades no país.

"Serão conservados os postos de trabalho", afirmou a porta-voz da empresa, Elena Chilingarian, em entrevista à agência Efe.

Ela explicou que, a partir das instalações já existentes, poderá ser criada uma nova companhia do mesmo ramo. É possível que essa nova empresa comece a funcionar ainda no mês de junho deste ano, de acordo com a representante.

"Mais adiante, será informado sobre isso, porque se trata de uma inauguração que seria feita em 45 regiões russas", disse a Chilingarian.

Mais de 60 mil funcionários

Mais cedo, o diretor-executivo do McDonald's, Chris Kempczinski, afirmou, em comunicado, que estava orgulhoso dos mais de 60 mil funcionários que a rede de fast food norte-americana emprega na Rússia e declarou que a decisão de encerrar as atividades no país foi "extremamente difícil".

"A crise humanitária provocada pela guerra na Ucrânia, e o entorno imprevisível para operar ali, levaram o McDonald's a concluir que o negócio na Rússia não é sustentável, nem é consistente com os valores do McDonald's", aponta nota divulgada.