Notícias » Brasil

Espécies em lista de animais ameaçados de extinção nascem em MG

Os filhotes de macaco-barrigudo e arara-azul-grande nasceram no Zoológico de Belo Horizonte, em meio à pandemia

Penélope Coelho Publicado em 25/09/2020, às 12h20

Imagem do filhote de arara-azul
Imagem do filhote de arara-azul - Divulgação / Suziane Fonseca

De acordo com informações divulgadas na última quinta-feira, 24, pelo portal de notícias G1, o Zoológico de Belo Horizonte agora é abrigo para novos animais que nasceram no local, trazendo esperança para o futuro dessas espécies. 

Trata-se de filhotes de arara-azul-grande e de macaco-barrigudo, as duas espécies se encontram atualmente na lista vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza e estão ameaçadas de extinção.

O chamado macaco-barrigudo, nascido no zoológico de BH / Crédito: Herlandes Tinoco / Divulgação

 

Apesar da notícia feliz — que acontece em um momento que o mundo enfrenta a pandemia do novo coronavírus—, infelizmente, no mesmo período dois animais faleceram no zoológico. Uma onça-pintada que antes de ser mandada para a instituição havia sido contaminada com chumbo em uma tentativa de caça, esses resquícios metálicos causaram sua morte. E uma leoa que faleceu em decorrência de um tumor no abdômen.

Atualmente, o zoológico está fechado para visitação por causa da pandemia, o local está nessas condições desde o mês de março e não há uma previsão para a volta, ainda não se sabe se os filhotes ficarão em exibição para o público. No momento, a instituição passa por intervenções para a melhoria de espaços para os diversos animais que abriga.