Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

EUA: Homem que culpou irmão gêmeo por crimes é condenado

Kevin Konther, que tentou culpar seu irmão gêmeo por crimes que ele cometeu há quase trinta anos, é condenado pela Justiça americana

Redação Publicado em 31/01/2024, às 17h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem ilustrativa do martelo de um juiz e de algemas - Reprodução/Freepik/fabrikasimf
Imagem ilustrativa do martelo de um juiz e de algemas - Reprodução/Freepik/fabrikasimf

Um homem, identificado pela imprensa americana como Kevin Konther, foi condenado a 140 anos de prisão pela Justiça da Califórnia, nos Estados Unidos, por crimes cometidos há mais de vinte anos. Na ocasião, ele estuprou uma menina de 9 anos e uma corredora de 32, e tentou incriminar seu irmão gêmeo idêntico pelos crimes.

A condenação foi divulgada pelo Tribunal Superior do Condado de Orange na última semana. Entretanto, um julgamento de fevereiro de 2023 já havia condenado Konther por outras acusações ligadas aos crimes sexuais, como estupro e realização de ato obsceno com uma menor de idade, conforme repercutido pelo jornal O Globo. 

As autoridades descobriram a tentativa de incriminar o próprio irmão quando ambos foram presos em 2019 pelos crimes cometidos por Konther. Na ocasião, exames de DNA apontaram dois indivíduos como possíveis culpados, resultando na prisão simultânea.  

Uma vez sob a custódia da polícia, “conversas gravadas secretamente” identificaram Konther, e não o irmão, como o verdadeiro suspeito dos delitos. Segundo o promotor público responsável pelo caso, Konther realizou declarações comprometedoras enquanto seu irmão demonstrava estar “chocado” com a prisão.

Na época de sua prisão, Konther foi acusado de estupro, pedofilia, atos obscenos e violência sexual agravada, por delitos aconteceram há quase três décadas. Contudo, as investigações não progrediram até 2019.

Kevin Konther — Créditos: Divulgação/Condado de Orange

Os crimes

O primeiro crime aconteceu em 21 de outubro de 1995. Naquele dia, Kontherestuprou uma menina de 9 anos em Lake Forest, na Califórnia. A criança estava voltando sozinha para casa, após ter saído para comprar material escolar, quando foi atacada e violentada.

Três anos depois, em 2 de junho de 1998, Konther estuprou uma mulher de 32 anos enquanto ela se exercitava na cidade californiana de Mission Viejo. Ele estava escondido em um arbusto, sem roupas, quando saltou sobre a vítima na pista de corrida. 

O terceiro crime foi revelado em 2018, graças ao uso do método de Genealogia Genética Forense. Quando a polícia estava investigando a localização de Konther, eles descobriram que ele havia violentado a filha de uma ex-namorada. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!