Notícias » Estados Unidos

Ex-secretária de imprensa afirma que Trump tinha funcionário encarregado de tocar músicas para acalmá-lo

Stephanie Grisham fez a revelação em seu novo livro

Penélope Coelho Publicado em 30/09/2021, às 14h00

Fotografia de Stephanie Grisham e Donald Trump
Fotografia de Stephanie Grisham e Donald Trump - Getty Images

A ex-secretária de imprensa da Casa Branca, Stephanie Grisham, que atuou durante o governo de Donald Trump, se prepara para o lançamento de seu livro intitulado ‘I'll Take Your Questions Now’ (ou ‘Vou Ouvir Suas Perguntas Agora’, em tradução livre).

De acordo com uma reportagem publicada nesta quinta-feira, 30, pelo O Globo, jornais estadunidenses já tiveram acesso a alguns trechos da obra e, em um deles, a ex-funcionária relata episódios de mau humor do então presidente dos Estados Unidos.

Segundo revelado por Grisham, no período em que ela trabalhou na Casa Branca existiu um profissional apelidado de ‘o homem da música’, contratado com objetivo de tocar músicas calmas para Trump, quando o republicano ficava com raiva.

Ainda mais, a ex-secretária de imprensa descreveu o temperamento do político como “assustador”. Durante o tempo em que foi porta-voz do então presidente, inclusive, Stephanie ficou conhecida por não dar uma única entrevista coletiva.

De acordo com a reportagem, Trump e sua esposa, Melania, rejeitaram o que foi escrito por Grisham no livro. A atual porta-voz do republicano, Liz Harrington, também comentou o assunto e definiu a autora da obra como uma “antiga funcionária descontente”. Segundo ela, o livro está “cheio de falsidades”.


Sobre Donald Trump 

Donald Trump nasceu e cresceu no Queens, entre seus quatro irmãos. Seu pai, Fred, é descendente de imigrantes alemães, enquanto sua mãe, Mary Anne, migrou da Escócia em 1930. Na faculdade, recebeu o diploma de bacharelado em economia, pela Wharton University of Pennsylvania, em 1968.

Aos 25 anos, recebeu a empresa de imóveis e construção de seu pai. À frente da Trump Organization, Donald recebeu o título de magnata. Em 2015, anunciou sua nomeação para a presidência dos EUA pelo Partido Republicano.

Durante sua campanha, Trump usou de discursos de cunho populista e anti-imigração, sempre lembrando seu lema: “Make America great again”. Em 2016, o republicano derrotou a democrata Hillary Clinton e se tornou o 45º Presidente dos Estados Unidos. Aos 70 anos, ele foi a pessoa mais velha a assumir o cargo.