Notícias » Paleontologia

Fóssil encontrado em Madagascar sugere que os ancestrais dos pterossauros poderiam ser bem menores do que o esperado

De acordo com os pesquisadores, essa pequena espécie que viveu há cerca de 237 milhões de anos, ajuda a contar a história da evolução dos dinossauros

Penélope Coelho Publicado em 07/07/2020, às 09h34

Ilustração de um Kongonaphon kely
Ilustração de um Kongonaphon kely - Divulgação / Alex Boersma

Um novo estudo publicado pela revista científica Proceedings, sugere que a origem de um dos maiores animais que já habitaram a Terra pode ter vindo de uma espécie bem pequena.

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão após descobrirem um fóssil de réptil da espécie Kongonaphon kely, no sudoeste de Madagascar. O antigo animal também chamado de pequeno matador de insetos tinha cerca de 10 centímetros de altura e ajuda a explicar a origem do voo dos pterossauros e das penugens presentes em algumas espécies. As informações são do site Phys.org

"Existe uma percepção geral de que os dinossauros são gigantes, mas este novo animal está muito próximo da divergência de dinossauros e pterossauros, e é surpreendentemente pequeno.”, afirmou Christian Kammerer, curador de pesquisa em paleontologia do Museu de Ciências Naturais da Carolina do Norte.

O pterossauro pertence ao grupo chamado de Ornithodira, entretanto, pouco se sabe sobre a origem desta espécie. Por isso, o Kongonaphon — que viveu há cerca de 237 milhões de anos — pode ser uma peça fundamental para contar essa história.

Para os pesquisadores, esse evento da evolução da espécie gerou modificações importantes na paleobiologia dos grandes animais: “Descobertas recentes como Kongonaphon nos deram uma compreensão muito melhor da evolução inicial dos animais. Analisando as mudanças no tamanho do corpo, descobrimos evidências convincentes de que ele diminuiu acentuadamente no início da história da linhagem do dinossauro-pterossauro”, afirmou Kammerer.

Atualmente, os especialistas irão continuar suas pesquisas a fim de encontrarem novas evidências que liguem a pequena espécie com os grandes dinossauros.