Notícias » Rússia

Garoto de 11 anos morre após ser atacado por ursos na Rússia

O menino estava em um resort e na ocasião do incidente tentava tirar uma foto com os animais

Penélope Coelho Publicado em 07/08/2020, às 10h43

Imagem ilustrativa de um urso pardo
Imagem ilustrativa de um urso pardo - Wikimedia Commons

Um garoto de 11 anos chamado Nikita, faleceu na última quinta-feira, 5, após ter sofrido um ataque de dois ursos pardos. O menino estava em um resort na região de Sochi, na Rússia. As informações são do site Vesti.ru e foram divulgadas pelo portal de notícias UOL.

De acordo com a publicação, na ocasião a criança estava acompanhada de duas meninas e tentou demonstrar coragem para as garotas quando decidiu posar para uma foto na frente da jaula onde estavam os animais.

Contudo, o menino foi arrastado para dentro pelos ursos que puxaram o garoto através de um buraco nas grades. As meninas que acompanhavam Nikita foram em busca de um socorro imediato, entretanto, já era tarde demais.

Para adentrarem na jaula, funcionários do resort atiraram nos ursos e retiraram o corpo do menino do local. Os médicos que foram chamados para atender o ocorrido declararam a morte de Nikita.

Agora, as autoridades russas abriram uma investigação contra o resort e o prefeito de Sochi, Alexey Kopaygorodsky, ordenou que todos os pequenos zoológicos do local fossem fechados imediatamente.

"O portão das grades não estava fechado, o que permitia que os predadores saíssem livremente para a natureza [...] É necessário averiguar se a administração da empresa mantém legalmente animais silvestres, bem como as condições para sua manutenção e o cumprimento de medidas de segurança”, relatou o site Vesti.ru.