Notícias » Rússia

Vladimir Putin determina que novas manobras e inspeções militares sejam feitas na Rússia

O presidente estipulou testes para mensurar a capacidade de defesa das Forças Armadas do país

Penélope Coelho Publicado em 17/07/2020, às 10h07

Vladimir Putin
Vladimir Putin - Wikimedia Commons

De acordo com nota divulgada pelo Ministério da Defesa da Rússia nesta sexta-feira, 17, Putin ordenou que manobras e inspeções militares surpresas fossem realizadas no país, as missões devem envolver cerca de 150.000 mil militares. As informações são agência de notícias AFP.

De acordo com a publicação, o objetivo do presidente é testar a capacidade de defesa e de segurança das Forças Armadas no Sudoeste do país. Para isso, o Putin insistiu que a Infantaria, Força Aérea e a Marinha estivessem envolvidas em 56 exercícios táticos que acontecerão em 35 bases terrestres e 17 bases marinhas.

"No total vão ser sujeitos a uma inspeção surpresa 149.755 homens, 26.820 peças de armamento e equipamentos militares, 414 aeronaves, 106 navios e embarcações auxiliares", informou o Ministério.

Esses testes serão realizados principalmente nas regiões do Mar Negro e do Mar Cáspio, de acordo com as informações, o intuito é se prevenir para garantir a segurança no sudoeste da Rússia — local que de acordo com as autoridades, sofre um grande risco de terrorismo.