Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Tiktok

Gêmeas separadas no nascimento se reencontram graças ao TikTok

As jovens foram separadas devido à ganância de seu pai, mas conseguiram encontrar o caminho de volta para a vida uma da outra com ajuda do aplicativo

Redação Publicado em 01/12/2023, às 13h14

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fotografia mostrando as gêmeas - Divulgação/ Redes Sociais
Fotografia mostrando as gêmeas - Divulgação/ Redes Sociais

Ano Sartania e Tako Khvitia são gêmeas idênticas de 21 anos que foram separadas no nascimento e apenas descobriram a respeito da existência uma da outra em 2021, através do TikTok. O caso de deu na Georgia, uma país europeu. 

Tudo começou quando uma amiga de Sartania lhe enviou o link de um vídeo perguntando se ela havia pintado o cabelo. Na gravação, havia uma mulher extremamente semelhante a ela, porém com mechas azuis. 

Surpresa, a jovem entrou em contato com a responsável pela conta do TikTok, e não demorou para descobrirem que eram irmãs há muito separadas. Sua chegada ao mundo, aliás, foi bem conturbada, como elas viriam a descobrir após investigarem suas vidas mais a fundo. 

A história 

Conforme repercutiu o jornal La Republica, a mãe das gêmeas havia entrado em coma logo após o parto, e o pai delas decidiu vendê-las no mercado clandestino para famílias diferentes. Embora elas vivessem em partes diversas do país, elas chegaram a quase se encontrar quando tinham onze anos e participaram de um mesmo concurso de dança. 

Segundo revelou Ano ao veículo, a descoberta de sua irmã fez muitas coisas a respeito de sua vida fazerem sentido: 

Sempre tive a sensação de que alguém estava me seguindo aonde quer que eu fosse. Todos os dias eu tinha o mesmo sonho de uma garotinha, vestida de preto, me fazendo perguntas sobre meu dia a dia", relatou. 

A jovem europeia ainda relembrou um detalhe interessante do emocionante reencontro após dezenove anos longe de sua gêmea

Cada ser humano tem um cheiro próprio. Quando a abracei, tive uma sensação de familiaridade. Depois a voz, é como se você já soubesse que voz [ela] tinha", revelou. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!