Notícias » Estados Unidos

Humanos infectaram cervos com Covid-19, aponta estudo

Os casos aconteceram nos EUA e continuam se espalhando entre os animais, o que está preocupando a comunidade científica; entenda

Penélope Coelho Publicado em 05/01/2022, às 09h46

Imagem ilustrativa de cervo
Imagem ilustrativa de cervo - Divulgação/Pixabay/LubosHouska

Recentemente, estudos mostraram que humanos infectaram cervos selvagens com o novo coronavírus. Os casos aconteceram em vários estados dos EUA.

Segundo a pesquisa, evidências demonstram que o vírus está se espalhando entre os animais, já que os cervos costumam andar em manadas e tocar os narizes.

Dados apontam que os números chegam a 30 milhões. As informações foram publicadas na última terça-feira, 4, pelo jornal O Globo.

De acordo com a reportagem, a partir de fluidos coletados das narinas dos veados, em Ohio, os cientistas encontraram provas de que humanos espalharam a covid-19 entre os bichos em questão, por pelo menos seis vezes.

A pesquisa revelou que cerca de um terço dos cervos analisados apresentavam infecções ativas, ou, tiveram contato com o vírus recentemente.

A análise preocupa a comunidade científica, já que uma circulação sustentada e generalizada do vírus pode apresentar risco para os humanos, caso haja uma mutação da doença nos animais, criando uma nova variante.

Confira a pesquisa completa neste link.