Notícias » Inglaterra

Impressionante reconstrução revela rosto de padre morto há 900 anos

Feita pelo artista Hew Morrison, o trabalho foi baseado no crânio do sacerdote e instiga pela sua riqueza de detalhes

Caio Tortamano Publicado em 25/05/2020, às 14h09

Reconstrução facial de padre inglês de 900 anos
Reconstrução facial de padre inglês de 900 anos - Hew Morrison

A Catedral de Lincoln, na Inglaterra, foi palco de uma escavação em seu subsolo que revelou os restos mortais de mais de 50 pessoas enterradas no antigo local. Um dos esqueletos encontrados foi de um sacerdote, sepultado ao lado de um cálice e uma cerâmica.

A pedido da empresa Allen Archeology, responsável pela grande descoberta, o artista forense Hew Morrison conseguiu reproduzir como esse dito padre teria sido em vida. A reconstrução foi feita através dos restos rosto do homem, e tem chamado atenção pela riqueza de detalhes.

Natasha Powers, gerente sênior da Allen Archeology afirmou que a cor dos olhos e o cabelo foram palpite do próprio artista, no entanto, a idade do homem no momento em que veio à óbito e os traços de seu rosto foram determinados por constatações científicas.

Reconstrução facial de padre inglês de 900 anos / Crédito: Hew Morrison

 

"Ele tem olhos próximos um ao outro e uma cabeça larga, determinada pelo crânio dele e, se você olhar de perto, um queixo levemente assimétrico também", revelou Powers. Apesar do resultado, ela explica que "A ideia não é que seja uma fotografia dele, mas que se você a mostrasse a alguém que o conhecesse, eles saberiam quem era".