Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Personagem

Internautas se revoltam após casa de Mandela ser transformada em hotel de luxo

A mudança foi considerada desonrosa por grande parte do público

Redação Publicado em 16/02/2022, às 07h28

Nelson Mandela em fotografia - Getty Images
Nelson Mandela em fotografia - Getty Images

Uma casa onde viveu Nelson Mandela, figura central da luta contra o apartheid na África do Sul, foi recentemente transformada em hotel de luxo. A mudança, no entanto, não agradou muitas pessoas, que consideraram a iniciativa desonrosa para com o legado do líder.

O Santuário Mandela, como agora é chamado o estabelecimento, conta com um restaurante com cardápio inspirado em Mandela. Por noite, os hóspedes deverão pagar entre 260 e 1000 dólares no caso da Suíte Presidencial, o antigo quarto do revolucionário, de acordo com o New York Post.

Abaixo do comunicado realizado pela agência de notícias Reuters em publicação no Twitter, muitos usuários teceram críticas à nova finalidade da residência, situada em um bairro nobre de Joanesburgo.

"Transformar a casa dos ex-líder do CNA em um lugar de capitalismo e exclusividade é honrar o legado de Mandela?”, disse um internauta. “Como isso é honrá-lo? Poderia ter transformado em um museu ou algo assim. Mas um hotel de LUXO? Basta dizer que você quer explorar por dinheiro”, declarou um internauta.

Poucas pessoas aprovaram a mudança. “Já existe um museu na Fundação Nelson Mandela que fica a 2 ruas de distância (sem mencionar outro museu Mandela a 30 minutos de carro em Soweto)", disse um usuário do Twitter. "Eles fizeram um ótimo trabalho para salvar de forma sustentável o prédio do abandono total. Jobburg já tem muitos museus Mandela”, finalizou.

“Cobrando US$ 1.000 por noite para dormir no quarto onde Mandela dormia, quem realmente recebe o dinheiro? Ganhando dinheiro com o legado de um ícone. Estou um pouco confuso!”, disse outra pessoa.

Mandela morou no imóvel durante oito anos, a partir de 1990, ano em que saiu da prisão. Mais tarde, mudou-se para outra casa, localizada a uma rua de distância, junto de sua última esposa, Graça Michel.