Notícias » Reino Unido

Interpol atualiza lista dos mais procurados da Grã-Bretanha

Entre os 13 nomes citados pela organização estão terroristas, assassinos, pedófilos e sequestradores

Pamela Malva Publicado em 27/12/2021, às 15h00

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ Tumisu e Matryx

Hoje em dia, cerca de 7 mil pessoas estão sob o ‘Alerta Vermelho’ da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) em todo o mundo. Recentemente, contudo, a agência atualizou a lista dos mais procurados da Grã-Bretanha, segundo o Daily Mail.

No total, a relação de cidadãos britânicos — sejam nascidos na região ou com cidadania — procurados pela Interpol conta com 13 nomes, inlcuindo de criminosos acusados por terrorismo, pedofilia, lavagem de dinheiro, assassinato e tráfico de drogas.

Com idades entre 23 e 70 anos, são pessoas como Daren Michael Elarmo. Nascido em Berkshire, o homem está foragido há uma década, após tornar-se procurado nos Estados Unidos pelo suposto sequestro e abuso de dois adolescentes.

Outro procurado é Mohammed Ali Ege, de 44 anos, acusado de homicídio, fraude e falsificação. Incluído na lista depois de fugir da Índia, escapar da prisão e da extradição, o homem é suspeito no caso do assassinato de Aamir Siddiqi, de 17 anos, na Índia.

A lista ainda conta com Samantha Lewthwaite, de 37 anos, conhecida como 'Viúva Branca'. Nascida na Irlanda do Norte, a jihadista agora é procurada pela posse de um explosivo, além de acusações de terrorismo. Junto dela, o professor Harris John Binotti também é procurado por assassinar um de seus colegas em Mianmar, em 2016. 

Outro nome que causa bastante preocupação na lista da Interpol é o da indiana Arti Dhir, que vivia em Londres. Procurada por assassinato, sequestro e conspiração criminosa, a mulher de 57 anos é acusada de adotar um órfão de 11 anos na Índia para, em seguida, orquestrar o assassinato da criança a fim de receber seu seguro de vida.