Notícias » Israel

Israel se compromete a enviar um milhão de doses da vacina contra a Covid-19 para palestinos

O acordo foi anunciado pelo governo israelense, as doses enviadas tem prazo de vencimento próximo

Penélope Coelho Publicado em 18/06/2021, às 09h06

Imagem ilustrativa de vacina
Imagem ilustrativa de vacina - Getty Images

Nesta sexta-feira, 18, o governo israelense anunciou o envio de um milhão de doses de vacinas contra o novo coronavírus para a Autoridade Palestina.

O envio das doses surgiu após um acordo entre ambos, as vacinas encaminhadas estão com o prazo de validade próximo do vencimento. As informações são da agência de notícias AFP e foram divulgadas pelo portal UOL.

Segundo revelado na reportagem, o envio dos imunizantes foi confirmado em comunicado realizado em conjunto:

"Israel firmou um acordo com a Autoridade Palestina e entregará um milhão de doses de vacinas da Pfizer perto da validade e receberá, em troca, as doses que a empresa Pfizer tinha de enviar para a Autoridade Palestina”.

Sabe-se que Israel se tornou exemplo de vacinação no mundo desde o final de dezembro, após assinar um acordo com a Pfizer cerca de 55% da população do país já recebeu as duas doses do imunizante.

Enquanto isso, no lado palestino, somente 260.713 pessoas receberam as duas doses necessárias da vacina contra a Covid-19, como informou o Ministério palestino da Saúde.

Até o momento, a Autoridade Palestina não fez nenhum comentário sobre a doação das vacinas. Sabe-se que Israel e Palestina vivem um conflito antigo, que já fez inúmeras vítimas fatais.  


Sobre a Covid-19

De acordo com as últimas informações divulgadas pelos órgãos de saúde, desde o início da pandemia Israel registra 840 mil casos de pessoas infectadas, e as mortes em decorrência da doença chegam a 6.427 mil país.  

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.