Notícias » Entretenimento

J.K. Rowling debocha de postagem da polícia em prol da comunidade LGBTQ+

A autora de Harry Potter zombou de uma publicação do Twitter da Polícia do País de Gales em referência a um caso de assassinato homofóbico

Redação Publicado em 23/03/2022, às 10h31

A autora J.K. Rowling em 2017
A autora J.K. Rowling em 2017 - Getty Images

J.K. Rowling, famosa por ter escrito a saga Harry Potter, vem sendo criticada por mais uma polêmica envolvendo a comunidade LGBTQ+. Desta vez, a autora debochou de uma publicação feita no Twitter que tinha como objetivo combater crimes de ódio anti-LGBTQ+.

A escritora zombou uma postagem feita pela Polícia do Sul do País de Gales feita para promover a inclusão da comunidade após a ocorrência de um assassinato homofóbico na cidade de Cardiff em 2021.

De acordo com a Rolling Stone Brasil, depois de o médico bissexual Gary Jenkins foi espancado, roubado e morto, a rede LGBTQ+ da polícia decidiu realizar uma ação no local em que a tragédia ocorreu, com um quiosque de informações sobre o combate a esse tipo de crime.

O projeto gerou algumas críticas de internautas nas redes sociais, as quais foram respondidas pelo perfil da organização. O grupo foi acusado de estar fazendo “sinalização de virtude”, neologismo pejorativo indicando que eles estavam querendo mostrar publicamente suas opiniões virtuosas.

“Apoiar nossas comunidades não é uma sinalização virtual e não pedimos desculpas por isso”, respondeu a polícia à crítica, contendo um erro de digitação no tweet. Eles escreveram “virtual”, em vez de “virtude”.

O pequeno erro de digitação na publicação fez com que Rowling publicasse um print do Tweet, debochando da situação. “Sinalização virtual. Como sinalização de virtude, mas para pessoas que não podiam ser raivosas”, escreveu a autora.