Notícias » Personagem

Juíza nega pedido de Britney Spears e pai da cantora continua como seu responsável legal

A decisão do tribunal de Los Angeles, não levou em consideração o recente depoimento em que a artista apelou para o fim da tutela definida por ela como “abusiva”

Penélope Coelho Publicado em 01/07/2021, às 08h11

Britney Spears em 2013
Britney Spears em 2013 - Getty Images

De acordo com informações da agência de notícias AFP, publicadas nesta quinta-feira, 1, pelo G1, a juíza responsável pelo caso da tutela da cantora Britney Spearsnegou o pedido da artista para que seu pai, Jamie Spears, não fosse mais o responsável legal de seu patrimônio e carreira.

Com isso, Jamie continua com a tutela de Britney, o que permite que ele tenha controle de questões pessoais e profissionais relacionadas à cantora de Baby One More Time.

A decisão do Tribunal de Los Angeles ignorou o apelo feito por Spears na semana passada, durante depoimento em uma sessão virtual. Segundo a publicação, na ocasião, Britney teria pedido pelo fim da tutela definida por ela como “abusiva”.

Em seu depoimento, a cantora de 39 anos e mãe de dois filhos, afirmou que foi medicada para que seu comportamento fosse controlado, além disso, acusou o responsável legal de impedi-la de tomar decisões financeiras e pessoais.

A artista relatou que foi proibida de remover um implante anticoncepcional (DIU) mesmo demonstrando o desejo de ter outro filho: "Não só minha família não fez nada, meu pai era totalmente a favor. Qualquer coisa que acontecesse comigo precisava ser aprovada pelo meu pai”, disse a cantora.

O caso de Britney vem gerando comoção nas redes sociais, com a hashtag #FreeBritney, principalmente após a divulgação do documentário ‘Framing Britney Spears’ (2021). De acordo com informações do UOL, os advogados da artista ainda podem recorrer à decisão.


Sobre o caso

Desde 2008, Spears não possui a capacidade legal de tomar decisões por conta própria, seu pai é o responsável pela tutela. Desde então, Britney tem que pedir autorização para o progenitor. No ano de 2007, a artista passou por uma crise e perdeu a gerência de quase todos os segmentos de sua vida artística e particular.

Britney iniciou uma batalha judicial contra o pai para que pudesse recuperar o controle de sua vida, tanto pessoal quanto de sua carreira. O caso continuará sendo julgado pelas autoridades norte-americanas, contando com inúmeras audiências para discutir a situação da cantora. 

O caso envolvendo Britney ganhou ainda mais espaço na mídia após a divulgação do documentário ‘Framing Britney Spears’.