Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arqueologia

Lamparina a óleo de 1.500 anos é descoberta em Israel

Encontrado de forma acidental por um soldado, o artefato de cerâmica se encontrava em um surpreendente estado de preservação

Redação Publicado em 26/12/2023, às 11h56

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fotografia do artefato - Divulgação/ IAA
Fotografia do artefato - Divulgação/ IAA

Natanel Melchior e Alon Segev são dois soldados israelenses atualmente servindo na 282ª brigada de artilharia do país que, recentemente, fizeram a descoberta acidental de uma lamparina a óleo que remonta ao período bizantino.

Conforme repercutiu o The Jerusalem Post, ao perceberem o que tinham em mãos, os militares entregaram o achado arqueológico à Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA) para análise. Como agradecimento, a dupla recebeu um certificado de "boa cidadania". 

O artefato, que é feito de cerâmica e está em um impressionante estado de preservação, foi fabricado há cerca de 1.500 anos. Adicionalmente, o modelo da lamparina é típico da região do sul de Israel, uma porção do território mais próxima à Faixa de Gaza. 

Guerra

O governo de Israel, vale mencionar, está atualmente em guerra com o Hamas, grupo islâmico que reside na Faixa de Gaza. O conflito devastador, que começou no início de outubro de 2023, tem um saldo de mortos altíssimo: são por volta de 1,2 mil israelenses e mais de 20 mil palestinos. 

Ao comentar a descoberta recente, Eli Escuzido, diretor do IAA, também citou o confronto: "A guerra nos aproxima de situações extraordinárias também no front arqueológico", afirmou. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!