Notícias » Cultura

Livro de Domenico Losurdo revela seus principais pensamentos como filósofo marxista

Colonialismo e luta anticolonial apresenta artigos, palestras e entrevistas de um dos maiores pensadores do século 20

Victória Gearini Publicado em 02/12/2020, às 16h06

Domenico Losurdo, filósofo marxista
Domenico Losurdo, filósofo marxista - Wikimedia Commons

Recém-lançada pela Editora Boitempo, a obra Colonialismo e luta anticolonial, de Domenico Losurdo, conta com a arte e colaboração de Jones Manoel e aborda os principais pensamentos críticos de Losurdo sobre o imperialismo e o colonialismo.

Nascido em 1941, em Sannicandro di Bari, na Itália, Domenico Losurdo tornou-se um dos maiores pensadores marxistas do século passado. Detentor de um contundente legado, estudou em Tubinga, na Alemanha, e em Urbino, além de ter lecionado na Universidade de Urbino, na Itália. Entretanto, o estudioso não contribuiu somente para o pensamento filosófico, mas também para a luta contra o imperialismo e o colonialismo. 

[Colocar ALT]
Colonialismo e luta anticolonial, de Domenico Losurdo (2020) / Crédito: Divulgação / Editora Boitempo 

Defensor de um pensamento plural e libertador, Losurdo dedicou-se, ainda, à carreira acadêmica, em específico à pesquisas políticas e sociais. No entanto, veio a falecer em 28 de junho de 2018, em decorrência da idade avançada. 

Na obra Colonialismo e luta anticolonial, organizada pelo historiador Jones Manoel, a Editora Boitempo apresenta ao leitor 12 intervenções de Domenico Losurdo, entre elas artigos, transcrição de palestras e entrevistas.

Por meio de uma análise estratégica da luta de classes internacional durante o século 20 e os atuais desfechos no século 21, o autor busca debater conceitos centrais de temáticas como imperialismo, racismo e dominação colonial. Por meio de uma linguagem intuitiva, o filósofo expõe, ainda, um retrato histórico do desenvolvimento do capitalismo sob a hegemonia estadunidense.

Disponível na Amazon em formato Kindle e capa comum, esta coletânea explica, em suma, a relação entre o surgimento do movimento comunista no mundo e o combate à dominação colonial e racial presente, ainda hoje, na sociedade pós-moderna.

Confira abaixo um trecho de Colonialismo e luta anticolonial (2020):

“Em 2018 morreu intelectual e militante comunista Domenico Losurdo. Não apenas na Itália, sua terra natal, como em muitos outros países — a exemplo de Brasil, China, Cuba, Espanha, Portugal, Venezuela etc. —, seu nome foi lembrado e sua obra foi apontada como um aporte fundamental ao marxismo e ao pensamento crítico. Ainda devemos a Losurdo, no entanto, um balanço sistemático e exaustivo de sua obra. Uma tarefa que começa a ser realizada e será cumprida com o correr do tempo, e de forma coletiva. 

Nesse meio-tempo, enquanto esse balanço sistemático vai sendo construído, podemos antecipar algumas certezas e uma delas é: a obra de Losurdo será duradoura. A força e o impacto histórico da produção do filósofo podem ser registrados em duas razões, uma de ordem ético-política e outra de ordem teórico-filosófica.  


+Saiba mais sobre esta e outras de Domenico Losurdo, disponíveis na Amazon:

Colonialismo e luta anticolonial, de Domenico Losurdo (2020) - https://amzn.to/3qoLHq0

Contra-História do Liberalismo, de Domenico Losurdo (2015) - https://amzn.to/33D1lo7

A luta de classes, de Domenico Losurdo (2015) - https://amzn.to/39ADjOv

Guerra e revolução, de Domenico Losurdo (2017) - https://amzn.to/3mCWhYk

O marxismo ocidental, de Domenico Losurdo (2018) - https://amzn.to/2Jze5VE

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W