Notícias » Brasil

Manaus: Comando Vermelho ameaça incendiar postos de gasolina caso preços não diminuam

A facção criminosa deu um prazo de uma semana aos donos de postas de combustíveis

Redação Publicado em 28/10/2021, às 14h17

Na imagem, frentista abastece um carro
Na imagem, frentista abastece um carro - Getty Images

Na última terça-feira, 26, integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) de Manaus mandaram um recado para os donos de postos de gasolina de região obrigando-os a diminuir o preço do combustível.

Caso contrário, o grupo atearia fogo tanto nos estabelecimentos quanto nos caminhões que transportam o produto.

Apesar de se tratar de uma facção originária do estado do Rio de Janeiro, o CV se espalhou por diversas regiões brasileiras, chegando a comandar a maior parte das comunidades de Manaus no ano de 2020.

Os autores do texto, que tem circulado nas redes sociais, deram o prazo de uma semana para que os profissionais baixem o preço sem que haja consequências, de acordo com informações da revista AnaMaria.

“O Comando pede para os safados dos cartéis de postos baixarem o preço da gasolina. Estamos dando o prazo de uma semana, estamos do lado dos nossos irmãos que estão sendo prejudicados. Se não [cumprirem], vamos botar o trem na rua e colocar fogo em postos de gasolina e caminhões”, diz a mensagem.