Notícias » Paleontologia

Mergulhadores descobrem osso de mamute de cerca de 100 mil anos na Flórida

Um dos paleontólogos amadores é professor e levou o osso para a escola em que dá aula para os alunos conhecerem

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 04/05/2021, às 09h47

Mergulhador mostra osso de mamute em fotografia
Mergulhador mostra osso de mamute em fotografia - Divulgação / Twitter / FOX 35

Enquanto realizavam um mergulho recreativo na costa da Flórida, EUA, dois mergulhadores foram responsáveis por encontrar uma impressionante ossada de mamute pesando mais de 22 quilos, como informa o portal UOL. 

A dupla é entusiasta da paleontologia e já havia localizado partes de um tubarão extinto e um dente de tigre-de-sabre, mas nunca algo tão grande e antigo; com características semelhantes às de um mamute colombiano, acredita-se que o animal esteve no estado norte-americano entre 2 milhões e 100 mil anos atrás, como cogitou Derek Dementer, um dos mergulhadores.

"Este aqui é muito mais denso, então achamos que deve ser algo no meio dessas estimativas. Provavelmente uns 100 mil anos de idade", disse Dementer ao veículo Fox News.

O achado foi reportado pela emissora estadunidense FOX 35, que relatou a possibilidade de ser um animal que viveu durante a Era do Gelo, parabenizando Demeter e o parceiro Henry Sadler pela descoberta.

Este último é professor em tempo integral e levou o achado para os alunos tocarem e terem a oportunidade de "sentir e realmente entender a história do mundo natural". Em seguida, parte das peças foi entregue a uma equipe de análise para avaliar a origem do esqueleto e datar em que período o animal viveu.