Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Alpinista

Minutos antes de ser morto por avalanche, alpinista enviou foto à família: ‘Olha onde estou’

Além dele, outras sete pessoas morreram no acidente nos Alpes no último domingo

Redação Publicado em 07/07/2022, às 11h45

Selfie tirada por Filippo Bari minutos antes de avalanche - Divulgação
Selfie tirada por Filippo Bari minutos antes de avalanche - Divulgação

Um alpinista enviou uma foto para sua família somente alguns minutos antes de ser morto por uma avalanche nos Alpes italianos no último domingo, 3. Na selfie, o rapaz aparece sorrindo com a paisagem ao fundo.

Identificado como Filippo Bari, de 27 anos, o alpinista ainda escreveu uma mensagem junto à fotografia enviada aos parentes.

"Olha onde estou", escreveu Bari.

O homem estava em uma expedição junto aos amigos para escalar a montanha mais alta da cordilheira das Dolomitas, conhecida como Marmolada, quando foi atingido por uma enorme avalanche de gelo, neve e rochas.

Segundo o tabloide britânico The Sun, o acidente aconteceu somente 20 minutos após ter enviado a selfie à família. Um grande pedaço da geleira se soltou e fez com que o grupo fosse atingido na encosta íngreme.

Além de Bari, outras sete pessoas morreram devido à avalanche e mais cinco alpinistas seguem desaparecidos nos Alpes italianos. As autoridades locais continuam buscando por eles com vida.

Perigos nos Alpes

Filippo era morador de Vicenza, na Itália, com sua companheira e um filho de quatro anos. Ele possuía histórico de alpinismo e sua família temia por sua segurança em decorrência da atividade perigosa.

A irmã dele, Andrea, relatou que seus parentes sempre pediam que ele tivesse cuidado máximo nas montanhas, "sobretudo nestas temperaturas".