Notícias » Europa

Míssil russo atinge prédio do governo na segunda maior cidade da Ucrânia

A explosão em Kharviv tem sete vítimas fatais confirmadas pelo jornal The New York Times

Wallacy Ferrari Publicado em 01/03/2022, às 12h34

Antes e depois de prédio explodido
Antes e depois de prédio explodido - Divulgação / GloboNews

Câmeras de segurança instaladas na cidade de Kharviv, a segunda maior da Ucrânia, registraram uma impressionante explosão de um míssil disparado em um prédio regional na manhã desta terça-feira, 1.

O artefato não apenas destrói a fachada do edifício, como gera uma bola de fogo que acomete carros estacionados em frente ao prédio.

Conforme registrado na datação da gravação, o choque ocorre por volta das 8h00 do horário loca, (3h00 no horário de Brasília), duas horas depois do toque de recolher ter terminado, conforme determinado pelo  Ministério do Interior da Rússia.

Contudo, não houve nenhum aviso sobre o ataque, surpreendendo os funcionários que já ocupavam o prédio.

De acordo com o jornal The New York Times, os chamados de serviços de emergência para o local apontaram 7 vítimas fatais e mais 24 feridos, muitos em estado grave.

Na última segunda-feira, 28, o prefeito Igor Terekhov já havia dito que os ataques em um bairro residencial mataram 9 pessoas, sendo 5 de uma mesma família, que ocupavam um carro

O relatório do serviço estatal de informação do país informou que a capital da nação, Kiev, e a segunda maior cidade ucraniana, Kharkiv, amanheceram com explosões. Entretanto, segundo as Forças Armadas, o Exército russo aparentemente ‘diminuiu o ritmo’ ofensivo.