Notícias » Brasil

Moradora registra rara aparição de ‘dragão azul’ em praia paulista

O pequeno molusco de coloração azulada chamou a atenção nas redes sociais. Confira o vídeo!

Penélope Coelho Publicado em 08/09/2021, às 10h49

Fotografia do chamado 'dragão azul'
Fotografia do chamado 'dragão azul' - Divulgação/Dalma Mesquita Ferreira/G1

Recentemente, a praia de Riviera de São Lourenço, localizada em Bertioga, litoral de São Paulo, se tornou palco para um achado que chamou a atenção dos banhistas. Trata-se da presença de um pequeno molusco de coloração azulada, chamado popularmente de ‘dragão azul’ (Glaucus atlanticus). 

De acordo com a reportagem, uma moradora da região, Dalma Mesquita Ferreira, encontrou o animal encalhado em uma faixa de areia da praia. Na ocasião, ela se encantou com a cor da criatura marinha e publicou um vídeo em sua rede social. O caso gerou repercussão.  

Em entrevista ao G1, Dalma deu detalhes sobre o achado. Segundo a mulher, ela caminhava pela praia com uma sacola plástica, com a intenção de recolher o lixo, quando se deparou com a criatura. Inicialmente, ela não sabia do que se tratava e só descobriu após mostrar a filmagem para outras pessoas.

“Eu nunca tinha visto nem na televisão, só na literatura mesmo. A espécie pode ser conhecida, mas ela estava ali na minha frente. Para resumir, é emocionante se deparar com um serzinho desses na sua frente”, diz Ferreira.

Segundo revelado na publicação, uma especialista em Zoologia da Universidade de São Paulo, foi procurada pela equipe do G1 e informou que o animal não é raro, mas sua aparição é.

“Ele não apresenta muita mobilidade e também não apresenta natação ativa. Quando encalha, se a maré não alcançá-lo para levá-lo de volta, ele acaba morrendo ali”.

Ainda de acordo com a especialista, o ‘dragão azul’ não é um animal venenoso, contudo, solta uma toxina que pode queimar a pele de quem tocá-lo. Além disso, a criatura é frágil e o contato com humanos não é recomendado.